Conselho Superior da Magistratura Judicial anuncia abertura de inquérito para apurar denúncias de Amadeu Oliveira

17/10/2017 05:00 - Modificado em 17/10/2017 05:00

O presidente do Conselho Superior de Magistratura Judicial, Bernardino Delgado, anunciou a abertura de inquérito para apurar as denúncias do advogado Amadeu Oliveira sobre a alegada adulteração de provas no Supremo Tribunal da Justiça.

Apesar de não avançar de que processo estão a referir, Bernardino Delgado disse apenas que não se pode confundir a “árvore com a floresta”, isto é, não se pode falar de um único processo e dizer que se trata de uma “corrupção em larga escala”.

“Toda a questão das denúncias não é em larga escala, as denúncias dizem respeito a um único processo. É um processo que seguiu a sua tramitação e que depois foi até ao Supremo e depois a Justiça funcionou na primeira instância e funcionou na instância Suprema até que o processo, senão estou em erro, já foi resolvido”, assegurou.

Diante das denúncias feitas pelo advogado durante um debate televisivo, Bernardino Delgado anunciou que o Conselho Superior da Magistrada Judicial vai adoptar mecanismos internos, no sentido de fazer um inquérito para apurar todas as “vicissitudes” que este processo teve.

Somente após analisar as questões é que, indicou, vão fazer um pronunciamento público para esclarecer à população sobre o que aconteceu neste processo.

 

 

 

  1. Va

    Um mais ao advogado. Se ele nao denunciasse ninguem ia apurar.

  2. Maria José

    Enao só Vá… Ninguem ia saber tambem. Os caboverdianos sao atratados assim de otários. Dá-me nojo dessa classe e de outros, por exemplo, os politicos.

  3. Maria José

    E para quando a investigacao a José Maria Neves? Ele fez pior do que Socrates. Além de mais ele disse que havia baroes de droga a financiar campanha em Cabo Verde.

  4. Jair

    Este que é homem de coragem, sem se esquecer do grande Vieira Lopes que, não sei pq, tem estado muito calado. Mas certamente, Caro Amadeu, que esses homens da Magistratura Judicial, não deixar de querer defender os seus colegas do Supremo e quererão culpar-te por calunia etc. etc e etc. Mas a tua coragem, desde que coberta pela veracidade dos fatos apontados, merecerá recompensa publica. Mas atenção, pq as denuncias feitas, tal como foram as do Dr Vieira Lopes, são de interesse publico e, por isso, a Procuradoria-Geral da Republica devia entrar e levar o assunto ao estado de esclarecimento. Mas, enfim… tudo calado!!!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.