Federação de Professores defende continuidade dos manuais, mas com medidas de correção

6/10/2017 00:42 - Modificado em 6/10/2017 00:54
| Comentários fechados em Federação de Professores defende continuidade dos manuais, mas com medidas de correção

O governo tem sido alvo de críticas por causa dos erros nos manuais escolares. A Federação Cabo-verdiana dos Professores no dia da comemoração do dia mundial do professor marca a sua posição em relação a polémica dos erros nos manuais.

“Muito grave e não tem nada a ver com o discurso de mudança de paradigma no ensino. Neste momento pensamos que podendo deve-se fazer arranjos possíveis”. E a federação não apoia a retirada dos manuais do mercado, mas ressalva que o governo deve fazer para corrigir os erros, sejam através de erratas ou autocolantes. E a federação acredita que a situação pode ser ultrapassada, isto para não prejudicar os alunos.

Apesar de defender a não retirada dos manuais, não descarta a solicitação de encontrar os responsáveis. “Criar uma comissão para ir a fundo, temos uma inspeção-geral de ensino, temos gente lá que deve ir a fundo. Portanto em tempo não se fez nada, e quando denunciamos era para que agora não acontecesse o que está a acontecer”.

E defende que “cabe ao ministro a solução desses erros porque os principais responsáveis são eles, e não se precaveram”.

E neste sentido a federação sublinha que se deve apurar as responsabilidades e de acordo com resultado “os decisores devem tomar a medida mais acertada”. Sublinha que houve tempos em que não houve manuais e que os professores ensinavam. Mas que neste caso os erros não estão nem num quadro nem num caderno para serem apagados. Mas, “se senão retificar os erros vai ter influência”. E ainda que os alunos devem receber livros corrigidos.

Ainda na senda de comemoração o Presidente da República sublinha que em relação ao ensino “como em outras deve haver preocupação com o rigor, ver as coisas com antecedência para prevenir e procurar a excelência. Um país que quer ser mais competitivo deve ter várias competências e uma delas é uma educação de excelência”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.