Ryan  e Héldon  pedem aos cabo-verdianos que acreditem no sonho de estar no Mundial

6/10/2017 00:38 - Modificado em 6/10/2017 00:38
| Comentários fechados em Ryan  e Héldon  pedem aos cabo-verdianos que acreditem no sonho de estar no Mundial

Os jogadores da selecção de Cabo Verde Ryan Mendes e Héldon Ramos pediram hoje a todos os cabo-verdianos para acreditarem nos Tubarões Azuis, sublinhando que estão a um passo de realizar o sonho de estar no Mundial, na Rússia.

No penúltimo dia do treino da selecção de Cabo Verde, tendo em conta o jogo de sábado, frente ao Senegal, Ryan Mendes e Héldon Ramos “Nhuc” foram hoje os convocados para conversar com à imprensa.

A dois jogos de estar no Mundial, o atacante Ryam Mendes, do clube Kayserispor (Turquia), apesar do nervosismo e da pressão, espera conseguir realizar um dos seus sonhos de criança que era ser jogador da selecção e levar o país a um Mundial de futebol

“É uma coisa que sempre sonhei e espero realizar (…) mas, não é fácil, porque a selecção de Senegal é uma equipa extremamente forte e com jogadores que militam nos melhores campeonatos do mundo. No entanto, como se diz, jogo é ganho dentro do campo e esperamos ganhar no sábado”, afirmou.

Para o atacante, representar o país é uma das melhores coisas que lhe terá acontecido, por isso durante os treinos, afirmou, todos estão focados num só objectivo, que é “jogar bem” e vencer o adversário.

Por sua vez, o avançado Héldon Ramos “Nhuc”, que falhou os dois últimos jogos da selecção, disse que “está feliz” por estar de volta e preparado para ajudar Cabo Verde a conseguir o passaporte para o Mundial.

Apesar de ter sido chamando de última hora para integrar a lista dos convocados, Nhuc promete dar toda a energia para erguer a bandeira de Cabo Verde, seja dentro do campo ou no banco dos suplentes.

Vencer os dois jogos (Senegal e Burkina Faso), representa para este jovem que tem brilhado no futebol português no club de Vitória de Guimarães, um efeito histórico para o país, por isso pede a comparência do 12º jogador no estádio nacional para que possam transmitir energias positivas.

“Apoiem a selecção e acreditem que é possível, porque estamos muito perto de conseguir o nosso sonho e de todos os cabo-verdianos (…). Estivemos mais longe, mas conseguimos ganhar dois jogos importantes e estamos perto”, indicou.

A selecção do Senegal, que chegou hoje de manhã, fez hoje, por volta das 18:40, o seu primeiro treino no solo cabo-verdiano.

O Grupo D é comandado pelo Burkina Faso, com seis pontos, os mesmos que Cabo Verde. Senegal está em terceiro lugar, com cinco pontos, e África do Sul na último posição, com apenas um ponto.

O Senegal deve jogar três partidas, com a decisão da FIFA de mandar repetir o jogo África do Sul – Senegal, confirmada para 08 ou 09 de Setembro.

Inforpress

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.