Médicos do Hospital Baptista de Sousa contra a detenção dos colegas e prometem tomar medidas (com vídeo)

2/10/2017 13:17 - Modificado em 2/10/2017 13:31

Os médicos do Hospital Batista de Sousa ficaram supressos com a decisão do tribunal de detenção dos médicos. E como avança o porta-voz do grupo que as “razoes apontadas são inacreditáveis”.

  1. JORGE fortes

    É inadmissível que um bandido tem prioridade (e não consegue esperar) por um simples teste de insanidade mental, em detrimento dos cidadãos doentes, ou que correm risco de vida e que pagam impostos que resultará nos salários da Procuradoria da República. Mais grave é uma equipa médica ser detida como se algum crime tivesse cometido. O Sr Juiz esqueceu que estes médicos tem filhos e estes filhos ficaram T ranstornados por saber que o pai foi preso. Quem precisa de teste de insanidade mental é o juiz que cometeu esta barbaridade.

  2. Victor Gil

    Naturalmente que envio aos colegas o meu abraço fraterno e solidário perante esta situação insólita e triste

  3. Dje Guebara

    Um bom juiz caboverdeano è um juiz morto.

  4. Paulo Sérgio Sousa

    Na minha opinião!
    Com relação ao ocorrido não comento nada, mas que precisa de se tomar medidas com os profissionais de saúde no que tange ao tempo de espera para atendimento dos pacientes, a qualidade de consulta a que estes são submetidas, a simpatia ao atender, a diferenciada forma de atendimento, isso dependendo de quem irá ser atendido, o que transparenta que o Hospital Baptista de Sousa já parece mais que um Hospital de familia do que público, e outros e outros problemas de carácter humana que precisam ser vistas com urgência, uma vez que é uma instituição que tem a responsabilidade de cuidar da vida das pessoas.
    É só a minha opinião e a maioria sabe que não escreví nada que não seja a verdade.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.