PJ detém médicos sob acusação de desobediência a uma ordem judicial (com vídeo)

2/10/2017 13:13 - Modificado em 2/10/2017 13:34

A Polícia Judiciária cumpriu está manhã o pedido de detenção dos três médicos do Hospital Baptista de Sousa. A diretora clínica, Jamira Ramos, o psiquiatra, Aristides da Luz, e a clínica, Suzete Ramos. A detenção aconteceu  por ordem do Juiz Antero Tavares prende-se com a acusação de desobediência a uma ordem judicial. Como explica o advogado João do Rosário foi uma medida ilegal. .

  1. João Silva

    Trata-se um desrespeito a uma classe que fez um juramento para salvar vidas.
    A bíblia diz que ” Honra aos médicos, pois são dignos do Altissimo”
    ” aquele que desobedece a Deus irá cair nas mãos de um medico”.

  2. Carlos Alberto Silva

    Sinceramente à isso chama-se ABUSO DE PODER. O Sr. Juiz esqueceu-se que se tratava de profissionais de saúde.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.