Agentes da PN investigados por assalto poderão estar envolvidos em crimes violentos

2/10/2017 02:48 - Modificado em 2/10/2017 02:48

De acordo com o jornal  ANação os agentes da Polícia Nacional, que estão a ser investigados por suspeitas de assalto a residências, poderão estar envolvidos em vários outros tipos de crimes violentos ocorridos na cidade da Praia e no interior da ilha de Santiago.

Esse semanário avança  que “as nossas fontes evitam revelar certos detalhes para “não atrapalhar” as investigações. Dizem apenas que os três agentes, cujas residências foram alvo de buscas pela PJ, poderão estar envolvidos em vários outros tipos de crimes violentos ocorridos na ilha de Santiago, entre os quais um de sangue.” Citando fontes não identificadas o jornal defende que “que se poderá estar perante uma rede do qual fazem parte outros civis ligados ao mundo do crime”.

Os agentes terão sido filmados por câmaras de vigilância durante um assalto a uma residência na cidade da Praia. Este caso especifico ocorreu há mais de um ano, mas, pelo mesmo “modus operandi” suspeita-se que os mesmos sejam autores de outros assaltos a mão armada, ocorridos na capital do país e no interior da ilha de Santiago.

As suspeitas caíram primeiramente sobre dois agentes da Brigada de Investigação Criminal (BIC) e um da Polícia Fiscal,  entretanto uma fonte faz saber que um dos dois agentes da BIC poderá vir a ser ilibado. “Este, além de ter um álibi, a sua fisionomia não corresponde a de nenhum dos suspeitos que aparecem nas imagens das câmaras de vigilância

 

  1. JOAO

    JÁ NÃO CONFIO NA NOSSA SEGURANÇA

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.