Mayra Vezo : a voz das noites do Mindelo!

29/09/2017 03:35 - Modificado em 29/09/2017 03:35
| Comentários fechados em Mayra Vezo : a voz das noites do Mindelo!

Com apenas dezassete anos Mayra é dona de “uma voz forte”, conforme lhe disse o guitarrista da banda que a acompanhou a Portugal no espaço B. Leza, no dia 26 de Agosto, quando participou e venceu a oitava edição do “Concurso Revelação Vozes da Diáspora”.

 O percurso musical em público desta jovem que estuda o décimo segundo ano de escolaridade no Liceu Jorge Barbosa, começou em 2012 e depois foi retomado em 2014 no concurso de vozes “Todo o Mundo Canta” em que foi à final, mas não se classificou.

 Mais tarde, no mesmo concurso, veio a classificar-se na terceira posição e, em seguida, a porta do mundo das actuações escancarou-se-lhe, quando participou a 1 de Junho, numa actividade para crianças, sem mesmo saber que estava a ser avaliada.

 Tendo sido a actuação mais bem conseguida nesse dia, foi então chamada a participar na Gala Nacional dos Pequenos Cantores, uma organização da Fundação Infância Feliz, realizada na Capital.

 Nessa Gala, Mayra Vezo, foi a primeira classificada e desde logo com o passaporte carimbado para ir representar Cabo Verde no concurso “Revelação de Vozes da diáspora” em Portugal, do qual saiu vencedora.

 Ainda em Portugal, Humberto Ramos, que havia dirigido a banda no “Concurso Revelação de Vozes da Diáspora”, convidou-a para ser Cabeça de Cartaz de um Concerto, ao lado dos grandes da música destas ilhas: Celina Pereira, Dani Silva e Maria Alice. “Foi uma noite inesquecível”, lembra. E lembra-se também da conversa que teve com Celina Pereira que, de entre outros conselhos, avisou-a “que o mundo da música não é um mar de rosas” e recomendou-lhe “humildade, humildade!”.

 Com uma maturidade de fazer inveja a muita boa gente, Mayra Vezo, já sabe muito bem o que quer. Por enquanto está focada em concluir o décimo segundo ano, depois formar-se em Biomedicina e, mais tarde, por um período de dois ou mais anos, estudar arte, mais na vertente musical e ainda sonha em aprender a tocar violão. Não escondeu ao Notícias do Norte que já começou a pensar em escrever algumas letras.

 Fã incondicional da morna, Mayra Vezo, segue caminhando com os seus dois amores: a  escola e a música. “Ainda estou a conseguir conciliar a escola e a música e acho que está a resultar”, disse ao NN com um sorriso no canto dos lábios, piscando o olho ao futuro com um apurado sentido de responsabilidade.

 Esta jovem, que ainda criancinha cantava tudo o que escutava no Rádio e que antes em casa não parava de cantar as músicas aprendidas no jardim de infância – como mais tarde lhe contou a mãe! -, já actuou nos lugares mais concorridos das noites de música acústica na Soncent, nalgumas Galas organizadas pelo Grupo Serenata, no auditório Jotamont. Recentemente participou no musical para teatro “Mamamia”, no Festival Mindelact, pertence ao Grupo Coral do Liceu Jorge Barbosa – onde desenvolveu melhor as suas faculdades vocais -,  está activa nas noites do Mindelo e já hoje 29, vai actuar num espaço no centro da cidade, lá para os lados da Praça Nova.

 

 

Carlos Flôr

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.