Sal: Condutores alcoolizados proibidos de conduzir

19/10/2012 00:49 - Modificado em 19/10/2012 00:49

O Comando da Polícia Nacional na ilha do Sal deteve oito cidadãos que estavam a conduzir sob efeito de álcool. Após introduzir o uso do bafómetro, no mês de Setembro, a PN tem realizado operações de controlo em Espargos e Santa Maria. Por infringirem a lei do álcool, os condutores ficaram sem a sua carta de condução até receberem ordem judicial.

 

As detenções surgiram assim que os infractores foram sujeitos ao teste de alcoolemia e terem acusado valores entre os 1,51 e 2,74 g/l de álcool no sangue.

Por terem infringido as normas da lei do álcool, os oito condutores foram presentes ao juiz de instrução criminal, que lhes aplicou Termo de Identidade e Residência. Estes cidadãos serão julgados em processo sumário, mas até a realização do julgamento, como medida de prevenção ficam sem direito a conduzir.

De realçar que o bafómetro foi introduzido na ilha do Sal, no início do mês Setembro, depois de um grupo de agentes policiais terem recebido uma formação de como utilizar o equipamento. Por sua vez o comandante da Esquadra Policial do Sal, Vasco Cabral assegurava que o bafómetro passaria a ser uma ferramenta de trabalho da PN, pois diariamente há pessoas que conduzem pela ilha sob efeito de bebidas alcoólicas.

 

  1. Driblation

    Até sou de acordo com os vários tipos de controlos que possam ser implementadas no sentido de garantir maior segurança nas estradas e aos cidadão em geral, mas que surtissem efeitos praticos, não em caso isolados de “perseguição” em situações de Operações isoladas, não que a regra não o recomendam, mas sem exageros, como tem sido os casos. Isso tem um nome – FALTA DE PREPARAÇÃO PEDAGÓGICA – Que me dizem do quosque na paragem dos Hiaces???

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.