Governo propõe solução para os transportes marítimos, com passageiros a reclamarem

28/09/2017 03:03 - Modificado em 28/09/2017 03:03
| Comentários fechados em Governo propõe solução para os transportes marítimos, com passageiros a reclamarem

O Governo pretende dar o mesmo desfecho aos transportes marítimos que deu aos transportes aéreos. Como argumentou o Ministro José Gonçalves à imprensa, “o próximo objectivo passa por trabalhar numa solução ao mesmo nível que foi encontrada para os transportes aéreos”. E sublinha que o Governo está a trabalhar no concurso público de transportes marítimos para os próximos meses. Avança que 2018 será o ano dos transportes marítimos.

Para os transportes marítimos, o Governo pretende uma solução “com o mesmo nível, qualidade e sustentabilidade” que houve com os transportes aéreos. Reconhece que cada um tem feito a sua parte “mas não tem surtido efeito”. Como adianta, “não há meios financeiros, não há conhecimento” e, para isso, “basta ver os problemas que tem havido nos transportes marítimos”. Argumenta que é preciso procurar parceiros para uma solução adequada que sirva as ilhas.

Isto quando os passageiros demonstram a própria insatisfação com os transportes marítimos nas ligações à Brava com o ferry Kriola. O barco retomou as ligações na última semana, mas continuam os problemas e, desta vez, como noticiou a RCV, foi com o tempo de espera por parte dos passageiros que demoraram horas e horas no cais antes de poderem viajar.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.