Casos de paludismo na cidade da Praia chegam a 252

27/09/2017 06:32 - Modificado em 27/09/2017 06:32
| Comentários fechados em Casos de paludismo na cidade da Praia chegam a 252

Continuam a aumentar os casos de paludismo na capital do país, apesar das alertas, campanhas de prevenção e campanhas de limpeza.

Embora este ano não se tenha registado uma grande queda de chuvas, a contaminação do paludismo continua a aumentar na cidade da Praia.

A delegada de Saúde, Ulardina Furtado, afirma que, diariamente, recebem pacientes com sintomas de paludismo e já se contabilizam 252 casos, incluindo um óbito.

“Continuam-se a registar casos, embora em menor número. Neste momento, são 252 casos registados, com incidência maior para os bairros do Norte da capital, nomeadamente, Castelão, Coqueiro e Vila Nova”.

Um pouco por todas as zonas, as populações estão atentas e activas no combate intensivo ao paludismo. A aderência às campanhas de limpeza tem sido renhida.

Pese embora as alertas, prevenções, publicidades nos meios de comunicação social e campanhas de limpeza pelas zonas, os esforços não têm surtido o efeito desejado que é estancar a doença de transmissão vectorial.

 

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.