Novo presidente de Angola “assume funções com a legitimidade ferida”

26/09/2017 09:13 - Modificado em 26/09/2017 09:13
| Comentários fechados em Novo presidente de Angola “assume funções com a legitimidade ferida”

A crítica é feita pela UNITA no dia em que João Lourenço toma possa como novo presidente de Angola.

Angola vira esta terça-feira a página com a tomada de posse do novo presidente, João Lourenço. É o adeus a José Eduardo dos Santos, ao fim de 38 anos no poder.

A passagem de testemunho vai marcar um novo capítulo na história de Angola mas, e depois da contestação do resultado das eleições do passado mês de agosto, a UNITA entende que João Lourenço inicia o novo mandato com a “legitimidade ferida”.

Em declarações à TSF, o presidente da UNITA, Isaías Samakuva, espera que o novo presidente saiba corrigir um processo que começou frágil.

O presidente da UNITA não vê sinais de esperança na atitude do novo presidente de Angola, mas sublinha que a UNITA está disponível para o diálogo.

Sobre a relação com Portugal, Isaías Samakuva recorda que muitos angolanos não gostaram da atitude de Marcelo Rebelo de Sousa, quando o chefe de Estado português felicitou João Lourenço, antes de serem conhecidos os resultados oficiais.

Por isso, Isaías Samakuva aconselha uma nova postura ao Estado português.

No fim-de-semana, o vice-presidente da UNITA já tinha acusado Portugal de se vergar ao poder em Angola. Isaías Samakuva é mais brando nas criticas, mas recomenda mais cautela a Lisboa nas relações entre os dois países

Fonte: TSF

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.