Eleições na federação de futebol de Cabo Verde poderão acontecer só em outubro

19/09/2017 00:31 - Modificado em 19/09/2017 00:32
| Comentários fechados em Eleições na federação de futebol de Cabo Verde poderão acontecer só em outubro

A eleição do novo presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) só deverá acontecer em outubro, projetou hoje fonte federativa, afirmando que o país vai primeiro preparar o jogo com Senegal, de apuramento para o Mundial.

A informação foi avançada à agência Lusa pelo presidente da comissão de gestão da FCF, Mário Avelino, criada após a destituição, em agosto, da então direção liderada por Vítor Osório, por causa da polémica em torno do campeonato nacional.

Na altura, a imprensa cabo-verdiana chegou a avançar que as eleições antecipadas foram marcadas para 30 de setembro próximo, mas Mário Avelino esclareceu que não se trata de um adiamento já que a data nunca foi definida oficialmente.

Por isso, disse que neste momento a comissão de gestão vai “dar estabilidade” à seleção, para o jogo do próximo dia 07 de outubro com o Senegal, a contar para a quinta jornada do Grupo D africano de apuramento para o Mundial, da Rússia, em 2018.

Mário Avelino considerou que se trata de um jogo “muito importante” para os ‘Tubarões Azuis’, pelo que no logo no dia seguinte, 08 de outubro, será realizada uma assembleia-geral, durante a qual será criada uma comissão que irá marcar a data e preparar as eleições.

O dirigente federativo adiantou também que o estender da data para as eleições tem a ver com os custos que acarretam, já que todos os presidentes das associações regionais têm de estar na Cidade da Praia.

“Por isso, temos de preparar tudo com muita antecedência, já que estamos nas vésperas de um jogo muito importante para Cabo Verde”, sustentou Mário Avelino, até agora presidente da Associação Regional de Futebol de Santiago Sul (ARFSS), que foi derrotado por Vítor Osório há dois anos e um dos candidatos ao cargo.

“Primeiro temos que criar as condições para o jogo da seleção, dar estabilidade à equipa e depois preparar tudo sem sobressaltos”, afirmou.

Cabo Verde está em segundo lugar do Grupo D da zona africana, com os mesmos seis pontos de Burkina Faso, em quatro jogos, enquanto o Senegal tem cinco pontos e África do Sul apenas um, mas ambas as seleções têm menos um jogo.

A anterior direção da FCF foi destituída em agosto em assembleia-geral extraordinária convocada por nove das 11 associações regionais, onde também foi criada a comissão de gestão.

Além de Mário Avelino, já há outros nomes que manifestaram disponibilidade em concorrer ao cargo de presidente da FCF, tais como José Mário Correia e Celestino Mascarenhas.

A imprensa cabo-verdiana aventou também a possibilidade do regresso de Mário Semedo, bem como dos nomes de Gerson Melo e Rui Évora.

Para ser concorrente ao órgão máximo do futebol cabo-verdiano é preciso ter a subscrição de pelo menos três das 11 associações regionais.

 

Lusa

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.