Irma passa a ser ‘depressão tropical’ em seu avanço pelo sudeste dos EUA

12/09/2017 08:25 - Modificado em 12/09/2017 08:25

Irma, furacão mais poderoso registrado no Atlântico, passou nesta segunda-feira (11) para ‘depressão tropical’ em seu avanço pelo sudeste dos Estados Unidos, segundo informou o Centro Nacional de Furacões (CNH) desse país.

Às 23 horas (hora local), o Irma registrava ventos de até 55 km/h e estava 10 km ao sul de Columbus (Geórgia) e 150 km ao sul-sudoeste de Atlanta (Geórgia). O ciclone avançava a 24km/h em direção ao noroeste, e é esperado no Alabama e Tennessee.

O Irma, que em sua passagem pelo Caribe deixou mortos no Caribe e nos EUA e chegou a registrar ventos de até 295 km/h, que o tornaram um poderoso furacão de categoria 5, já tinha virado uma tempestade tropical na manhã desta segunda.

Nos EUA, onde tocou a terra no domingo (10), deixou fortes inundações, seis mortos e e cerca de 7,4 milhões de pessoas sem energia elétrica.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.