Taça UFOA : Yuran  e Papalélé  excluídos da convocatória final 

11/09/2017 07:09 - Modificado em 11/09/2017 07:09

O técnico da Selecção B de Cabo Verde, Janito Carvalho, divulgou a lista final dos 18 jogadores que vão participar na Taça UFOA no Gana e deixou de fora o único representante do Batuque FC, Yuran Pereira, e Papalélé, do Mindelense.

Dos 22 jogadores pré-convocados pela equipa técnica nacional que partiu este domingo rumo ao Gana, ficaram de fora ainda os jogadores santoantonienses da Académica do Porto Novo, o lateral direito Ady e o médio Tussim.

Ao NN, Yuran Pereira, jovem lateral direito do Batuque FC, aponta que foi uma experiência boa com um ambiente “formidável e fantástico”. Para o jogador, pesou o facto que há muito tempo não se treinava com a intensidade que se verificou nos treinos mas que, mesmo assim, deu o seu máximo para estar presente na convocatória final. Mas como diz, eram só dezoito que tinham de ser escolhidos e o treinador fez as suas escolhas. No entanto, o jovem jogador do Batuque promete “trabalhar e continuar sempre com a cabeça levantada, seguindo mais forte e a dar sempre o máximo”.

Por sua vez, o jovem avançado do Mindelense, Papalélé, reitera que a seu ver, o seu peso foi o factor que o deixou de fora da convocatória final, porque pensa que estavam a observar os jogadores que estavam melhor constituídos fisicamente. Papalélé diz que encara com tranquilidade e sabe que ainda é novo, por isso, ainda tem muito para dar à Selecção de Cabo Verde.

 

Lista final de convocados:

Guarda-redes: Kelvi (Sporting da Praia) e Nilson (Boavista)

Defesas: Admar (Sporting da Praia), Lalo (Académica do Fogo), Kokita (Académica do Porto Novo), Panduru (Sporting da Praia), James (Derby) e Blessed (Sporting da Praia).

Médios: Arlindo Txubasco (Boavista da Praia), Dário Paiva (Sporting da Praia), Dario (Mindelense), Fifa (Académica do Fogo), Bada (Ultramarina) e Kudo (Boavista da Praia).

Avançados: Latche (Mindelense), Maika (Desportivo da Praia), Ró (Desportivo da Praia) e Killy (Sporting da Praia).

  1. Carlos Silva - Ralão

    Desejo toda sorte e felicidade a nossa seleção B, que defendam o nosso país e bandeira com orgulho e dignidade. Deixo aqui uma dica para os jogadores que já são profissionais ou que tenham ideia de ser, em todas as modalidades: quem escolhe esta profissão os treinos não param, mesmo em férias têm de fazer exercícios de recuperação e manutenção física. Os nossos jovens têm de entender que para se ser atleta/jogador profissional não basta só o treino em campo, é preciso muita dedicação aos treinos suplementares (musculação, exercícios na areia, etc…). STRONG PLAYERS, PLAY SPORT.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.