Moradores de Safende e Várzea unidos contra o paludismo

6/09/2017 07:13 - Modificado em 6/09/2017 07:13
| Comentários fechados em Moradores de Safende e Várzea unidos contra o paludismo

Uma mega campanha de limpeza está a ser realizada nas zonas de Safende e Várzea. Os moradores asseguram que a união dos mesmos tem como objectivo eliminar os focos de mosquitos prevenindo o paludismo.

A cidade da Praia regista, até agora, 157 casos de paludismo. A situação tomou contornos preocupantes, por isso, os moradores tomaram a iniciativa de também colaborar com as autoridades sanitárias na prevenção.

Munidos de enxadas, pás, carros de mão, picaretas e vassouras, os moradores e a população em geral varrem, recolhem e queimam ou aterram o lixo que prolifera no Bairro de Safende.

 

A campanha de limpeza incide essencialmente na recolha do lixo que gera grandes focos de mosquitos. Maria Silva disse ao NN que a iniciativa serve para apoiar os esforços que as autoridades sanitárias têm vindo a fazer na luta contra as doenças vectoriais.

A campanha de limpeza não pára por aqui. A mesma reforça ainda que no próximo sábado, dia 09, haverá um outro “djunta mom” no sentido de abranger outras áreas. O apelo é que todos os moradores adiram às campanhas de limpeza impedindo assim a criação e proliferação de mosquitos e que acatem todas as medidas de prevenção.

Amândio, da zona de Várzea, acrescenta que o objectivo é reduzir consideravelmente os grandes aglomerados de lixo, as sucatas e ferro-velho, bem como o saneamento do meio.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.