Residências inundadas após as chuvas

31/08/2017 02:01 - Modificado em 31/08/2017 02:01
| Comentários fechados em Residências inundadas após as chuvas

Várias famílias viram as próprias residências inundadas com as últimas chuvas que caíram em São Vicente. A aflição era tanta que foram obrigadas a pedirem guarida em casa de familiares e vizinhos.

Numa abordagem feita pelo NN em diferentes zonas, foi possível constatar as dificuldades enfrentadas por diversas famílias, sobretudo, as que vivem em casas de lata ou com o tecto coberto de telha e outros objectos.

Na zona da Ribeira Bote, um casal de idosos, Mário e Benvinda, afirmam ter passado a noite em casa de um familiar, pois a residência deles ficou completamente inundada.

A chefe de família Idília, da Ilha de Madeira, diz que o tecto da casa gotejava e não teve outra alternativa senão abrigar os dois filhos menores debaixo da mesa.

Ainda em Fonte Francês, Ludmila diz que passou a madrugada a recolher a água que ficou depositada no quarto. A mesma assegura ter pedido apoio à Câmara Municipal de São Vicente mas que, até ao momento, não recebeu resposta da edilidade.

O Vereador do Pelouro do Ambiente José Carlos da Luz diz que a Câmara está minimamente preparada para dar resposta a possíveis situações de urgência.

Em jeito de balanço, o responsável dá conta que apenas na zona de Espia se registou um desabamento de tecto, porém, não houve vítimas a lamentar. O trabalho de preparação foi realizado preventivamente de forma a prevenir consequências que advêm com a queda da chuva.

O Comandante dos Bombeiros, Albertino Lima, diz não ter registado nenhum caso alarmante, contudo, apela à prevenção, sobretudo, nas residências em risco.

 

 

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.