PN : A não nomeação das chefias  condiciona desempenho das forças operacionais

30/08/2017 01:05 - Modificado em 30/08/2017 18:01
| Comentários fechados em  PN : A não nomeação das chefias  condiciona desempenho das forças operacionais

As forças operacionais ,  CI e  o serviço de piquete  em São Vicente  estão sem  chefia  nomeada . A saída de Orlanda Èvora  , que comandava essas duas  as forças operacionais , deixou um vazio  no comando  dessas forças um vez que o substituto ainda não foi nomeado . Esta situação está a criar “  um desconforto junto dos operacionais  que querem a nomeação  de um chefe o mais rápido possível “. O lugar de comandante do Corpo de Intervenção  está a ser ocupado interinamente . O serviço de Piquete está sem chefia  e esta “ indefinição está a ter reflexos no desempenho dos elementos do Corpo de Intervenção   e do Piquete . E para  oficias da PN , que respeitamos o anonimato , está situação  acontece num “ momento em São Vicente assisti a um aumento de assaltos a residências , assaltos a taxistas, assaltos a mão armada . E determinada zonas que estavam sob o controlo da PN  voltaram a ser dominadas pelos meliantes como é o caso da Ruas das Calceteiros e Carreira de Tiro  , roubos frequentes a residências   , Impena  aumento de caçobody e Fonte Francês.

No inicio do mês de Julho  o NN noticiou que “ já  estão decididas as mexidas no comando da Policia Nacional em São Vicente . O comandante Regional, Alcides da Luz,  deve ir para a reforma por ter atingindo a idade. Orlando Évora, comandante    da  CI , já está de malas feitas para a ilha do Sal para onde foi transferido  “. O problema «e que vazio deixado pelo  , comandante das forças operacionais  deveria ter sido preenchido imediatamente e não foi.

 

 

 

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.