FCF sem dinheiro para provas e compromissos da selecção

25/08/2017 03:07 - Modificado em 25/08/2017 03:07
| Comentários fechados em FCF sem dinheiro para provas e compromissos da selecção

Numa primeira análise da situação da Federação Cabo-verdiana de Futebol o previdente da comissão gestora, Mário Avelino Donay, põe em questão a realização da ponta final do campeonato nacional, e os campeonatos sub-17, tanto em feminino como masculino. E a situação escala quando coloca em questão a realização dos jogos de qualificação para o mundial frente a África do Sul.

“O extracto da conta é de quatro mil novecentos e vinte e cinco escudos. Só o charter para aluguer, porque os jogos do nacional tem que ser realizados. Colocar a equipa da ultramarina são quase dois mil contos, e são jogos importantes”, como Donay falou a empresa depois da visita ao Presidente da Republica.

Visita que teve como uma das finalidades sensibilizar o presidente no sentido de colocar a par do problema e buscar soluções para a sua equação do problema da solução, para que a selecção não possa falar o jogo.

“Temos uma qualificação a porta, uma responsabilidade a porta para resolver. Há muitas questões difíceis para ser resolvidos. Viemos pedir junto do Presidente da República para ajudar a resolver este problema”

Com as qualificações agendadas para o dia um de Setembro e o dia cinco de Setembro, e Donay revela que ainda não adquiriram as respectivas passagens para viagem a África do Sul. E Donay afirma que é um problema nacional, que todos possam estar engajados, incluindo o governo e a sociedade civil. Para a sociedade civil o pedido é de que vão assistir o jogo em massa, sendo que os bilhetes ficaram mais baratos para que todos possam assistir o jogo.

“Fica bem claro temos o campeonato nacional, e logo depois o que fazer um voo charter Praia-Dakar, depois Praia – África do Sul tem que ser resolvido”, como sintetiza os problemas.

Donay candidato

Para as eleições da FCF, agendadas para trinta de Setembro, Donay assume como candidato. “O que sei fazer é trabalhar, e já dei provas em todas as associações que trabalhei. Estou como presidente, e sou candidato”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.