CI conduz estudantes à casa dos pais

16/10/2012 00:09 - Modificado em 16/10/2012 00:10

Na última semana, o Corpo de Intervenção conduziu oito estudantes à casa dos pais, pelo facto de estarem envolvidos em conflitos à saída da escola. A condução dos adolescentes surgiu na sequência da actuação dessa unidade policial para garantir a segurança dos estudantes nos estabelecimentos de ensino na ilha de São Vicente.

 

A Unidade do Corpo de Intervenção, da ilha de São Vicente tem um curso um plano de acção para garantir a segurança dos estudantes nos horários de ingresso as aulas e de saída do seu estabelecimento de ensino. Isto porque, em vários escolas as autoridades policiais depararam-se com a presença de indivíduos, cuja a intenção é perturbar o funcionamento dessas instituições.

Desta forma o CI está a incidir a sua actuação nesses locais para afastar esses sujeitos, que constituem perigo para os estudantes e funcionários dessas escolas. Mas por outro lado o Corpo de Intervenção encontrou um novo problema: registo de casos de estudantes que se envolvem em conflitos entre si à porta das escolas.

Para debelar esse problema, o CI conduz esses estudantes para o Comando da Polícia Nacional, a fim identificar esses indivíduos e fazer de redigir uma participação sobre os factos. Depois deste procedimento, os estudantes são conduzidos à residência dos pais. Pelo que estes assinam a participação após serem informados do comportamento do filho.

E no âmbito desta acção de cariz preventivo, o Corpo de Intervenção conduziu ,na última semana ,oito adolescentes, menores de 16 anos ,à casa dos pais, depois de terem provocado distúrbios à saída da escola. Questionado sobre o destino da participação de registo da ocorrência, o CI afirma que ficam nos arquivos dessa unidade policial. Mas que caso os intervenientes se envolvam em actos ilícitos, o processo é enviado para o Ministério Público.

  1. Mindelense

    Muito bom o trabalho que vem sendo feito pela Policia Nacional (Piquete, BAC e Intervenção) nas portas da escola. Os alunos, professores e funcionários das escolas agradecem. Fica aqui um conselho para todos os alunos que são agredidos a porta das escolas: comunicar aos pais o sucedido, drigir-se a policia nacional para participar queixa e também a direção da escola.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.