Jovens cabo-verdianos vão ser encaminhados para recuperação da dependência química no Brasil

10/08/2017 02:09 - Modificado em 10/08/2017 02:09
| Comentários fechados em Jovens cabo-verdianos vão ser encaminhados para recuperação da dependência química no Brasil

 Três jovens cabo-verdianos, dependentes químicos, vão poder realizar tratamento na Fazenda Esperança, no Brasil, durante período de recuperação de 12 meses, informou a Diocese de Santiago.

O objectivo desse reencaminhamento, de acordo com a página da instituição na Internet, é poder alcançar a recuperação e, ao regressarem a Cabo Verde, estando preparados, contribuir na recuperação de outros jovens, apoiando a Fazenda Esperança nessa missão de resgate e acompanhamento dos toxicodependentes.

Neste momento, os jovens aguardam a liberação dos vistos para poderem seguir para o Brasil.

O objectivo, segundo a mesma fonte, era conseguir levar cinco pessoas, mas devido a dificuldades financeira, por agora apenas três deverão ser reencaminhados.

Maria Helena, voluntária da Fazenda Esperança em Cabo Verde, acredita que esses jovens vão ser protagonistas desta missão de resgatar jovens toxicodependentes.

Pouco mais de quatro meses da presença Fazenda Esperança em Cabo Verde, o casal brasileiro que está à frente do projecto faz um balanço positivo do trabalho realizado até agora.

Bastante convicta, Maria Helena acredita que “Cabo Verde vai ser muito promissor em relação a recuperação” dos dependentes químicos.

Chegaram à ilha de Santiago em Março passado com o propósito de ajudar as pessoas a se libertarem das drogas e do álcool e construir uma nova vida.

Em Novembro próximo, Cabo Verde deverá receber equipas brasileiras que vão trabalhar na sensibilização e palestras nas escolas em diferentes ilhas.

 

Inforpress

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.