Seiva: colocar todos na “Ketumba de fogo”

8/08/2017 01:47 - Modificado em 8/08/2017 01:47
| Comentários fechados em Seiva: colocar todos na “Ketumba de fogo”

Seiva, rapper mindelense, prepara o lançamento do seu quinto trabalho, “Ketumba de fogo”. O tema do álbum é uma alusão a uma expressão popular no sentido de exigir algo das pessoas como a verdade. E, neste aspecto, Seiva avança que quer “colocar todos na ketumba de fogo”.

Em conversa com o artista, o mesmo explica que a ideia do novo álbum surgiu logo após o término do quarto álbum, “Venen”. “A ideia veio porque eu não consigo parar de escrever e sempre que termino um trabalho, ocorrem-me muitas ideias que tenho de começar logo a escrever”. O artista não está disposto a parar mas a continuar a fazer o seu trabalho “com amor para os seus fãs”.

Com este novo trabalho, Seiva espera colocar todos na ketumba de fogo, incluindo o próprio, como diz. É um trabalho que fala sobre o sistema, com críticas sociais e políticas e sobre a droga. Com estes temas, Seiva quer colocar “todos a falar a verdade”, mantendo a sua linha com temas de intervenção política e social, com pinceladas de esperança e de alegria nas suas letras.

“Ketumba de fogo vai ser o álbum de hip hop criol com mais participação de rappers e artistas”, como perspectiva. Pelas contas, são mais de trinta participações, aliadas ao trabalho de oito produtores e do pessoal que vai mixar e masterizar as músicas. Facto que deixa o rapper satisfeito e confiante num trabalho de qualidade para os ouvintes.

“Asseguro que o álbum foi feito com muito amor e muita paciência e as pessoas vão gostar. É um dos melhores álbuns de Seiva”. Até ao final do mês de Agosto o trabalho vai ficar disponível para os fãs. O trabalho está bem encaminhando salvo alguns atrasos realçados por Seiva, que levaram a um atraso na saída do álbum. Algumas participações e “falta de profissionalismo” são as causas do atraso.

“Mas o carinho que recebo nas ruas é o que importa porque faço música por amor e não por dinheiro. Eu quero ver as crianças a alegrem-se cantando músicas do Seiva e não há melhor sentimento”.

 

Festival

Seiva demonstra satisfação pela sua participação no Festival da Baía das Gatas, no segmento história de hip hop. Lamenta apenas o atraso no convite feito a quase uma semana do Festival. “Acho que havia pessoas indignadas porque não me tinham convidado. Mas, já convidaram e, apesar do atraso no convite, não podia ficar mais feliz”. Promete o melhor para os seus fãs que considera estarem na base do convite para representar o hip hop na Baía das Gatas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.