Ex-ministra das Finanças considera que o Novo Banco era viável , mas o governo não quis

1/08/2017 01:41 - Modificado em 1/08/2017 01:46
| Comentários fechados em Ex-ministra das Finanças considera que o Novo Banco era viável , mas o governo não quis

CA ex-ministra das Finanças, Cristina Duarte , tida como a mentora  do Novo Banco ,  considerou que o encerramento do banco  foi  uma má decisão politica do governo do MpD “Na minha perspectiva o encerramento do NB não tinha razão de ser porque em 2016, o conselho de administração colocou sobre a mesa um plano de recuperação para atacar os problemas do NB”. Para sustentar a sua posição revelou que “  em 2016 os resultados líquidos do Novo Banco melhoraram em 40%, conseguiu-se baixar o custo do “funding” do NB e baixar os custos administrativos”

Por estes motivos a ex-ministra Cristina disse não entender o porquê da não recapitalização do Novo Banco em 500 mil contos, se o Governo injectou 1,2 milhões de contos na TACV e ao mesmo tempo “desmantelando a TACV ,O governo abdica de 800 mil contos em receitas de vistos e não injecta 500 mil contos no Novo Banco para sua recapitalização, questionou a ex-ministra das Finanças”. Cristina conclui dizendo que ;“Se de facto o argumento era uma melhor gestão do dinheiro dos contribuintes ficamos sem entender quais os critérios para essa melhor gestão”, Para justificar a manutenção do Novo Banco, Cristina Duarte explicou que em três anos o NB afirmou-se no mercado cabo-verdiano do ponto de vista operacional e bancário.

“É só ver do lado do activo e do passivo. O NB passou o teste da confiança do mercado que geralmente é o mais difícil”, sustentou.

Fonte: Inforpress

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.