Centro de Saúde da Ribeirinha assinala  a 25ª edição da Semana Mundial de Aleitamento Materno

28/07/2017 01:37 - Modificado em 28/07/2017 01:37
| Comentários fechados em Centro de Saúde da Ribeirinha assinala  a 25ª edição da Semana Mundial de Aleitamento Materno

Comemorada de 1 a 7 de Agosto, já envolve mais de 120 países, considerando-se as iniciativas e esforços globais relacionados com o tema. Em Cabo Verde, estão previstas como nos anos anteriores, actividades em diversos locais, como centros de saúde e maternidades.

Em São Vicente, cada Centro de Saúde planeia as suas actividades. Na Ribeirinha, mais concretamente, de acordo com a enfermeira responsável da área de Saúde Infantil, estão programadas palestras, exposições, abordagens na sala de espera, conversa aberta com os participantes, entre outras actividades, com o objectivo de desmistificar, através da sensibilização, que “apenas o aleitamento materno exclusivo é insuficiente para a alimentação das crianças, até os seis meses de idade”.

Carlina Fortes avança ainda que estas actividades, aliadas às campanhas de sensibilização feitas diariamente no centro com as grávidas e gestantes que estão quase a dar à luz e as mães com recém-nascidos têm como propósito dar ênfase ao tema que é importante para a saúde da criança. “O ideal seria que o bebé tivesse uma dieta exclusiva com leite materno até aos primeiros 6 meses de vida. E que o leite materno continuasse na dieta até, pelo menos, o primeiro ano e meio de vida do bebé”, sendo que a meta é que esteja até aos dois anos, salienta.

Com isto, estão a trabalhar para que as mães e não só, mudem a mentalidade de amamentar exclusivamente até aos seis meses, alargando o período até aos dois anos. “É o que queremos”, assegura a enfermeira Carlina Fortes, referindo que o aleitamento materno exclusivo protege o bebé e evita que o mesmo contraia doenças que poderiam ser evitadas.

Alerta ainda que o leite materno tem tudo o que a criança precisa para a própria saúde, nutrição e crescimento. “Basta a mãe ter uma alimentação saudável e uma vida saudável”.

A Semana Mundial de Amamentação 2017 centra-se sobre o trabalho conjunto para o bem comum, em inglês, Sustaining Breastfeeding – Together. No mundo, segundo a World Alliance for Breastfeeding Action (WABA), apenas 38% das crianças são amamentadas exclusivamente até aos seis meses de idade. A meta global é que até 2025, 50% dos lactentes sejam amamentados.

Estabelecida em 1992 pela World Alliance for Breastfeeding Action (WABA), a Semana Mundial de Aleitamento Materno, que conta com o apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), tem o objectivo de facilitar e fortalecer a mobilização social para a importância da amamentação.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.