A música DjadSal foi elevada a Património Cultural Imaterial Municipal

28/07/2017 01:09 - Modificado em 28/07/2017 01:09
| Comentários fechados em A música DjadSal foi elevada a Património Cultural Imaterial Municipal

A proposta inédita partiu do agente cultural salense, Ildo Rocha, e foi aprovada em reunião da Assembleia Municipal por unanimidade dos deputados.

Um hino à ilha do Sal, esta composição de Alcides Spencer Brito, tornada sucesso na voz do cantor Nhone Lima, em 1991, é um verdadeiro tributo de exaltação à ilha do Sal, expressão da história e vivencia de suas gentes.
Reconhecendo a música como uma declaração de amor do autor à ilha que o viu nascer e como algo que traduz o sentimento de todos os salenses, o cidadão e agente cultural Ildo Rocha, pseudónimo literário Evel Rocha, lançou o repto aos poderes públicos para que a úsica DjadSal fosse reconhecida como património cultural imaterial municipal.
É com orgulho e satisfação que o compositor Alcides Brito diz ter recebido a homenagem. A partir de agora a Câmara Municipal promete divulgar ainda mais esta obra intemporal que tão bem soube retratar a realidade da ilha do Sal.
De realçar que Alcides Spencer Brito é um compositor reconhecido em Cabo Verde pela qualidade da sua obra, sendo também autor do célebre tema Labanta Braço, um hino do Cabo Verde Independente. Tchinoa escreveu outros conhecidos temas como “paródia familiar” e “cena de ciúmes”.

http://www.rtc.cv/index.php?paginas=21&id_cod=14847

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.