Santo Antão: Missão técnica para discutir a localização do aeroporto de Santo Antão

27/07/2017 03:02 - Modificado em 27/07/2017 03:05
| Comentários fechados em Santo Antão: Missão técnica para discutir a localização do aeroporto de Santo Antão

O processo com vista à construção, com início a partir de 2020, do aeroporto de Santo Antão, conhece, esta semana, novos desenvolvimentos, com uma visita à esta ilha de uma equipa do Ministério da Economia e Emprego.

A missão, esperada em Santo Antão, a partir desta quinta-feira, para uma visita de dois dias, deve, entre outros aspectos, discutir com os municípios a questão de localização do , cujos estudos preliminares apontam Casa de Meio, no Porto Novo, como local ideal para a edificação dessa infra-estrutura aeroportuária.

Porém, os municípios e empresários em Santo Antão têm levantado algumas reservas quanto à escolha de Casa de Meio para a construção do aeroporto, com o argumento de que essa opção pode por em causa o futuro da cidade do Porto Novo.

O presidente da Associação dos Municípios de Santo Antão, Orlando Delgado, tem alertado para a possibilidade de construção do aeroporto em Casa de Meio “bloquear” o crescimento urbanístico da cidade do Porto Novo, defendendo, por isso, ponderação sobre essa matéria.

Por isso, os autarcas santantonenses defendem mais discussão à volta desta matéria para que a se possa discutir, com profundidade, a questão da localização do aeroporto.

Uma equipa pluridisciplinar, ligada à ASA (Empresa Nacional de Aeroportos e Segurança Área), está encarregue, desde 2016, dos estudos definitivos do aeroporto de Santo Antão, que estarão prontos em 2019.

Essa equipa confirma que Casa de Meio, que fica a sete quilómetros da cidade do Porto Novo, tem, efectivamente, “excelentes condições” para a construção e viabilidade dessa infra-estrutura aeroportuária, dispondo de “uma extensa e excelente planície” que facilitará a edificação de uma pista de 2.500 metros de comprimento.

Os empresários em Santo Antão partilham a preocupação dos autarcas de que a localização do aeroporto é um assunto que precisa ainda ser mais discutido.

O próprio Governo, através do Ministério da Economia e Emprego, já admitiu a necessidade se reflectir sobre a questão da localização do aeroporto.

No quadro do Plano Director Municipal (PDM), a edilidade porto-novense reservou uma área estratégica para a construção do aeroporto de Santo Antão, obra que poderá começar a ser construída dentro de três anos.

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, na sua recente visita à ilha, em finais de Junho, admitiu que 2020 será a data prevista pelo Governo para o início da contratualização para a construção do aeroporto de Santo Antão.

A missão técnica, além de encontros com os autarcas, tem ainda previsto uma visita à Casa de Meio e Ribeira Torta, esta, também, considerada outro sítio que oferece condições para a construção do futuro aeroporto.

Santo Antão deixou de ter ligações aéreas a partir dos anos 90, quando o então aeródromo da Ponta do Sol, que tinha uma pista com apenas 650 metros de comprimento, e sem possibilidades de ampliação, foi desactivado por razões de operacionalização.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.