Autoridades Sanitárias preocupadas com o ” aumento anorma,l” de casos de paludismo na Praia 

26/07/2017 04:27 - Modificado em 26/07/2017 04:28
| Comentários fechados em Autoridades Sanitárias preocupadas com o ” aumento anorma,l” de casos de paludismo na Praia 

A cidade da Praia registou 53 casos de paludismo desde o início do ano. Destes 49  casos foram diagnosticados nos últimos dias , o que levou a Delegacia de Saúde da Praia a considerar estes ” números anormais”

“Neste momento, está a ocorrer um evento inabitual na cidade da Praia com o aparecimento desses casos. Não é hábito nesta altura do ano, antes das chuvas, aparecerem tantos casos. Até ao momento já temos 49 casos autóctones e quatro importados, totalizando 53” considerou delegada de Saúde da Praia, Ulardina Furtado.em declarações à agência Lusa .

Os 49 casos autóctones registados só na cidade da Praia nos sete meses deste ano são superiores ao total notificado em todo o país no ano passado, com 47, mas os importados são menos do que os registados em todo o ano passado, que teve 28 casos. 

A médica disse que no início os principais focos de casos se situavam na zona baixa da Praia, como o Taiti, Parque 05 de Julho, Várzea e Ponta Belém, mas depois “espalhou-se por toda a cidade da Praia”, chegando a Achada de Santo António e Lém Ferreira.

A delegada de Saúde da Praia afirmou que as autoridades  estão a estudar as razões para o aparecimento de tantos casos de paludismo na capital nesta época do ano e na quarta-feira está agendada uma reunião multissectorial para discutir várias questões.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.