Centro Pós-Colheita de Santo Antão exportou nos últimos quatro anos cerca de 450 toneladas de produtos agrícolas

25/07/2017 01:45 - Modificado em 25/07/2017 01:45
| Comentários fechados em Centro Pós-Colheita de Santo Antão exportou nos últimos quatro anos cerca de 450 toneladas de produtos agrícolas

Os dados avançados pelo Centro Pós-Colheita que fica situado no Porto Novo, indica que nos últimos quatro anos, as Ilhas do Sal e da Boa Vista receberam cerca de 450 toneladas de produtos agrícolas provenientes da Ilha de Santo Antão.

O Centro de Tratamento e Embalagem exportou uma grande quantidade de produtos, principalmente batata, manga, cenoura, inhame, banana e tomate, produtos que tiveram como principal destino a Ilha do Sal. Isto porque segundo dados revelados, a ligação marítima com a Ilha do Sal é mais facilitada do que a ligação marítima com a Ilha da Boavista.

O transporte inter-ilhas é visto por muitos dos produtores agrícolas da Ilha como sendo um dos problemas fulcrais a ser resolvido, pois acreditam que a exportação de produtos poderá aumentar consideravelmente. Outro problema que enfrentam é a localização do Centro pois, como constatou este Online, fica situado um pouco longe da órbita do Cais do Porto Novo, por isso, já há muito que há movimentações dos agricultores da Ilha junto do Governo para que o Centro de Tratamento e Embalagem seja reposto perto do Porto, possibilitando assim uma maior movimentação de produtos para outros mercados das Ilhas que não sejam apenas Sal e Boavista.

Para o melhor aproveitamento deste Centro por parte dos muitos agricultores da Ilha, o que vai facilitar os mesmos aquando das inspecções e tratamento das suas mercadorias dentro do próprio Cais, sabe-se que o Ministério da Agricultura e Ambiente já avança com o procedimento de deslocalização do Centro para o Porto do Porto Novo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.