Mindelense  acusa a FCF de tratamento ilegal e discriminatório

19/07/2017 00:52 - Modificado em 19/07/2017 00:52
| Comentários fechados em Mindelense  acusa a FCF de tratamento ilegal e discriminatório

A direcção do Mindelense  rompeu o silêncio  para dizer que o clube vai “até às últimas consequências em todo esse indesejado e mal conduzido processo que leva à indefinição das meias-finais do campeonato de Cabo Verde “ O Presidente do Mindelense queixa-se  em comunicado que de tratamento “ilegal, desigual e discriminatório” tendo em conta o conteúdo  do comunicado da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF), relativamente ao acórdão do Conselho de Disciplina (CD). O Mindelense acusa a FCF  de estar a querer fugir às suas responsabilidades tendo em conta  que “relega uma tomada de posição para depois da interposição de um eventual recurso, porquanto, essa posição não tem qualquer base legal, nada existindo que possa impedir a FCF de assumir uma posição.”  O Mindelense  exige “A aplicação da lei e o encontrar de uma solução justa e adequada, que é o que se espera da FCF, não pode depender de qualquer acto processual ou da interposição de recurso, dando a ideia de que a FCF pretende tão só fugir da sua responsabilidade

 

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.