Deputados  do MpD dizem que Santo Antão não está  em retrocesso

14/07/2017 04:20 - Modificado em 14/07/2017 04:20

Os deputados do MpD  eleitos pelo círculo eleitoral de Santo Antão, negaram hoje que esta ilha esteja em retrocesso, considerando existir “uma dinâmica” nos mais variados domínios, visando a resolução dos problemas dos santantonenses.

Ao contrário da ideia deixada, semana passada, pelos deputados do PAICV (oposição), por este círculo eleitoral, segundo a qual Santo Antão “está em retrocesso”, Damião Medina, porta-voz dos parlamentares do Movimento para Democracia, disse que a ilha está a conhecer “uma dinâmica” a nível de electrificação, mobilização de água e no sector rodoviário, com a realização de “importantes investimentos”.

A nível da electrificação, este deputado, que falava à imprensa no final de uma visita de uma semana dos deputados do MpD a Santo Antão, destacou o projecto de extensão e modernização da rede eléctrica de Santo Antão, que tem permitido levar luz eléctrica 24 horas/dia a varias comunidades.

Damião Medina, além da mobilização de água para a agricultura, salientou ainda o facto de, a partir de Setembro, a população do Planalto Leste beneficiar de água potável, no quadro de um projecto financiado através do programa Millennium Challange Account (MCA).

Em relação ao sector rodoviário, o parlamentar do MpD mostrou-se “satisfeito” com o andamento das obras de recuperação das estradas nacionais, danificadas durante as cheias de 2016, intervenções que, avançou, têm gerado “muitos postos de trabalho” na ilha.

Damião Medina admitiu, porém, que o desemprego continua sendo uma das principais preocupações dos santantonenses, problema que, avançou, o Governo já prometeu debelar com os investimentos em carteira para esta ilha, nos domínios da agricultura, turismo e pesca.

A construção do aeroporto e de cais de pesca em Ponta do Sol, Tarrafal de Monte Trigo e Janela, bem assim a implementação da segunda fase do projecto de ampliação do porto do Porto Novo são “compromissos reassumidos” pelo Governo, que, no entender deste deputado, trarão “novas perspectivas de desenvolvimento” a Santo Antão.

O desencravamento das localidades constitui outra inquietação encontrada pelos deputados do MpD nesta visita a Santo Antão, preocupação que, segundo Damião Medina, está equacionada pelo Governo.

Contactos com as populações e encontros com as instituições marcaram a visita dos deputados do MpD por Santo Antão, que visou a preparação do debate parlamentar sobre o Estado da Nação, agendado para finais deste mês.

 

Inforpress

 

  1. Jorge Barbosa

    É inadmissível dizer que Santo antao esta a conhecer melhorias pois isto está apenas na cabeça dos deputados do MPD. A extensão da rede elétrica de Santo antao vem desde o governo anterior que se não fosse os atrasos registados nos últimos tempos com a governação do MPD ja podia estar concluída. O desemprego é cada vez mais evidente com despedimentos e falta de iniciativa das câmaras municipais elaborar e implementar projectos que gerem desenvolvimento.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.