JMN : “ PAICV vive momentos conturbados e graves que podem levar à  sua marginalidade política”

13/07/2017 04:29 - Modificado em 13/07/2017 04:29
| Comentários fechados em JMN : “ PAICV vive momentos conturbados e graves que podem levar à  sua marginalidade política”

O antigo presidente do PAICV José Maria Neves apelou  aos seus pares do partido, através de post que publicou na sua conta pessoal do Facebook, a fazerem “debate de ideias e não de pessoas”.

“Enquanto  continuarmos  a discutir pessoas, seja em que plano for, seja quem quer que seja, estaremos a contribuir para a destruição do PAICV”, precisou  o antigo líder do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV).

Para José Maria Neves,  Cabo Verde vive “momentos graves” e precisa de um Governo “forte, dialogante, sensível e efectivo”, assim como, segundo ele, necessita de um PAICV “coeso, forte e efectivo na Oposição Democrática”.

Na mensagem enviada aos seus pares do partido, a partir de Portugal onde prossegue os estudos no domínio de doutoramento, José Maria Neves não quis “apontar o dedo a ninguém”, mas  reconheceu que o PAICV vive momentos “conturbados e graves”, que podem levar à “marginalidade política”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.