Alerta vermelho : Três assaltos  em menos de uma semana

11/07/2017 02:35 - Modificado em 11/07/2017 02:35

A cidade do Mindelo assistiu, no final da semana passada, a dois assaltos: na sexta-feira, 07 de Julho, no supermercado Fragata na Praça Dom Luís e no sábado, no supermercado RVM na Praça Estrela. Para terminar, esta segunda-feira feira, a Casa de Câmbios na Rua Fernando Ferreira Fortes também foi visitada pelos assaltantes.

No total dos três roubos contabilizam-se pouco mais de mil contos.

O primeiro assalto que aconteceu na sexta-feira, no supermercado Fragata da família Vasconcelos Lopes, na Praça Dom Luís, ocorreu de dia sem o uso de nenhuma arma. Os assaltantes deixaram os funcionários estupefactos, sem capacidade de reacção no momento do acontecimento. Estes, viram o assaltante a entrar com um capacete de motocicleta e levar o saco de 700 mil escudos e fugir numa mota com o cúmplice que o esperava à entrada.

No dia seguinte, o que não é habitual por estes lados, acontece o segundo assalto pela madrugada, no supermercado RVM, perto da Praça Estrela. Não se conhecem os meandros do acontecimento para este assalto, nem o montante levado pelos meliantes.

O terceiro assalto foi na Casa de Câmbios na Rua Fernando Ferreira Fortes. Um indivíduo armado com uma arma de fogo, assaltou na manhã desta segunda-feira o local levando consigo cerca de 500 contos. Com a arma em punho, dominou a proprietária e uma outra pessoa que se encontrava no interior do estabelecimento, apoderou-se de um saco com o dinheiro e pôs-se em fuga. No caminho ainda sequestrou um táxi, com a arma apontada ao condutor para que este o tirasse do local, conta outra fonte.

De acordo com o código penal, segundo o artigo 198º, quando o indivíduo emprega a violência recorrendo a armas, constrangendo e ameaçando a vida e a integridade física da pessoa, conforme o nº 2 do mesmo artigo, a pena é de 2 anos.

Neste caso, o assaltante da Casa de Câmbio usou da violência contra as pessoas do local recorrendo ao uso de uma arma… estas ficaram intimidadas, de forma a obter o que quis, no caso, o dinheiro.

Sabe-se, no entanto, que a PJ está à procura de pistas para a resolução do caso que, dos três, o assalto à Casa de Câmbios é o que mais tem possibilidades de ser desvendado mais rapidamente devido às imagens do sistema de segurança do local e que foram apreendidas pela Polícia Judiciária com fins investigativos e consequente reconhecimento do autor do crime de assalto à mão armada.

A insegurança nos locais regista-se numa altura em que o Governo prevê reduzir em 30 por cento (%) a taxa de criminalidade em Cabo Verde com o Projecto Cidade Segura. A primeira fase vai ser implementada em Janeiro de 2018, na Cidade da Praia, seguindo subsequentemente para as outras ilhas. Até 31 de Dezembro próximo estará operacional a rede da Praia e, antes de Dezembro de 2018, estará também pronta para entrar em serviço toda a rede que abarcará o Sal (Santa Maria e Espargos), a Boa Vista (Sal-Rei e Rabil) e São Vicente e ainda a segunda fase da Praia.

“O projecto irá mudar a forma como gerimos e encaramos a segurança urbana no dia-a-dia no nosso país. Trata-se de um conceito de segurança moderna, assente na tecnologia e que a coloca ao serviço da segurança pública e ao serviço das comunidades”, afirmou o Ministro da Administração Interna, Paulo Rocha à Inforpress.

A primeira fase está orçada em 4,5 milhões de dólares e Cabo Verde terá que construir o Centro de Comando Operacional que se vai situar na Achada Grande Frente nas instalações do Serviço Nacional da Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB).

  1. Samira Lima Silva

    Ess ê ke resultod de ter plicias incompetentes, bo te circula tud soncent bo k te oia um plicia ne rua, veiculos mal parod, plicia fardod sentod ne cadera de escola ne hora kech te estod ne traboi, bo te ba faze keixa tud hora bo te incontra plicia ne namora na movel ou ne computador de traboi, inkuant bo k te ser atentido de nenhuma forma, e se bo reclama ech te manda fchob, moda uk acontece k nhe amiga ne columby k senhor Oair Évra manda ba ftcha sem faze nada, plicia te pdi esmola ne estabeleciment comercial pe faze parodia por iss ech te tud comprod ech te taca so cuitod, plicia te passia ne corre de luxo te gasta combustivel de estado k dnher de povo, por isso ech katem tempo pe trabaia, basta senhor ministro

  2. Samira Lima Silva

    tem k ser feito algo seon notita bem vra pior k praia

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.