Humorista e deputado brasileiro Tiririca acusado de assédio sexual

6/07/2017 01:49 - Modificado em 6/07/2017 01:49
| Comentários fechados em Humorista e deputado brasileiro Tiririca acusado de assédio sexual

Uma “babysitter” da filha de Francisco Oliveira Silva acusou o político brasileiro de assédio sexual. Tiririca, como é conhecido, diz estar a ser vítima de extorsão.

Maria de Lima apresentou queixa na esquadra de Brasília, acusando Tiririca de a ter assediado sexualmente. A “babysitter” da filha do deputado brasileiro contou às autoridades que tudo terá começado em maio do ano passado, durante uma viagem em que acompanhou o também humorista a São Paulo, prolongando-se depois por vários dias e em alguns casos na presença de outras pessoas.

A imprensa brasileira avança que a “babysitter” explicou que Francisco Oliveira Silva, o nome verdadeiro de Tiririca, “passou a mão” pelos seus “cabelos e nádegas” e pronunciou frases como “se experimentar, vai gostar”.

Já o deputado garante estar a ser vítima de extorsão, tendo por sua vez apresentado queixa contra Maria de Lima, de 41 anos. O político diz que a ex-empregada lhe pediu 26 mil euros para rescindir o contrato de trabalho e que foi ameaçado pela própria se o pagamento não fosse feito.

Nana Magalhães, mulher de Tiririca, já veio manifestar publicamente o seu apoio ao marido. O casal acrescenta ainda que despediu a “babysitter” por esta consumir bebidas alcoólicas.

 

JN

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.