Fogo: População de Chã sai à rua no para exigir “diálogo, transparência e respeito”

4/07/2017 07:59 - Modificado em 4/07/2017 07:59

 A população residente de Chã das Caldeiras promove, quarta-feira, 05 de Julho, Dia da Independência Nacional, uma manifestação para exigir das autoridades locais e centrais, “mais diálogo, transparência e respeito” na resolução dos seus problemas.

Danilo Fontes e Miguel Montrond, habitantes de Chã das Caldeiras, contactados pela Inforpress, disseram que a manifestação é da população de Chã das Caldeiras que “está sendo ignorada em todo o processo”.

Com este acto , explicaram, pretende-se chamar a atenção para a necessidade de “diálogo, transparência e respeito” entre as autoridades, local e central, e os deslocados de Chã das Caldeiras, visando o cumprimento das promessas assumidas nas campanhas eleitorais.

“Tem havido muitos problemas que nunca a população imaginava que podia acontecer, e esta é uma das razões da manifestação”, disse Miguel Montrond, enquanto Danilo Fontes considera que “o Governo não está a cumprir as promessas”.

“Os projectos e propostas para Chã das Caldeiras não são conhecidos pela própria população que está abandonada há quase três anos”, disse Danilo Fontes, para quem a estratégia das autoridades, locais e nacionais, é deixar que “o tempo resolva a situação de Chã”, mesmo sabendo que tal não pode acontecer.

A população de Chã, na óptica dos dois habitantes, “tem sido ignorada” e prova disso é que desde a manifestação de Outubro contra a construção do assentamento nas proximidades de Cabeça Fundão, não existe nenhuma explicação séria sobre o local e o número de construção, para além das outras questões que continuam na mesma.

A manifestação está agendada para as 10:00 do dia 05 de Julho, na localidade de Portela, Chã das Caldeiras.

inforpress

  1. Jilson brito

    Oi população de fogo

    Povo de S.Vicente te má bsot

    (povo de soncente te cu nhôs)
    boa iniciativa

    nada de presença partidária participá independente!!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.