Governo quer reforçar as capacidades para prevenir e preparar as urgências da saúde pública no país

30/06/2017 00:20 - Modificado em 30/06/2017 00:20

 O Atelier Multissectorial para a Avaliação Integrada e a Cartografia de Riscos em Saúde Pública em Cabo Verde com o fito de reforçar as capacidades para prevenir e preparar as urgências da saúde pública, teve lugar esta quinta-feira, na cidade da Praia.

 A parceria é da Direcção Nacional da Saúde e da Organização Mundial da Saúde. A Directora Nacional da Saúde, Maria da Luz Lima, defende que todos os actores devem estar envolvidos na gestão de riscos em saúde pública.

A mesma considera que “o processo de avaliação dos riscos em saúde pública constitui uma ferramenta fundamental nos processos de decisão, de controlo e de prevenção da exposição da população e indivíduos aos agentes perigosos à saúde que estão presentes no meio ambiente por meio de produtos, processos produtivos ou resíduos”.

Já o representante da Organização Mundial da Saúde, Mariano Castellon, acredita que Cabo Verde, com as suas características arquipelágicas, “coloca desafios importantes e muito sensíveis no momento de responder às emergências, especialmente, para o Ministério da Saúde com a emergência sanitária”.

  1. Nattydread

    O que está na notícia já sabemos e é sobejamente conhecido…Queremos saber das conclusões ou propostas para o objectivo ” com o fito de reforçar as capacidades para prevenir e preparar as urgências da saúde pública”….então…quais são???

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.