Parque infantil Eugénio Lima: “uma vergonhosa degradação do espaço público”

30/06/2017 00:15 - Modificado em 30/06/2017 00:15
| Comentários fechados em Parque infantil Eugénio Lima: “uma vergonhosa degradação do espaço público”

Moradores do bairro de Eugénio Lima, cidade da Praia, estão descontentes com a degradação do Parque Infantil. Segundo os entrevistados, a praça foi construída há bem pouco tempo, mas os vândalos destruíram-na por completo, danificaram tudo, deixando o espaço numa situação “lastimável”.

 Em Novembro do ano passado, o bairro de Eugénio Lima, na cidade da Praia, ganhou uma Praça equipada com Wireless, Parque Infantil e Fitness Park. O bairro também foi contemplado com um street Basket. Os moradores mostraram-se muito satisfeitos com a infra-estrutura.

Contudo, um ano após a sua inauguração, os moradores lamentam o facto da praça estar degradada por causa de actos de vandalismo. Segundo os entrevistados, foram os próprios moradores, crianças e adultos que deixaram a Praça num estado “lastimável”.

No local encontramos vedações e cadeiras partidas, dejectos de animais, o que demonstra falta de segurança num espaço onde dizem haver cada vez mais um maior número de crianças.

Os entrevistados lamentam a situação do Parque que consideram “uma vergonhosa degradação do espaço público”, falta de civismo e capacidade de manter o local em bom estado. Os mesmos apelam pelo envolvimento da comunidade no sentido de poder reabilitar e preservar a infra-estrutura, espaço de diversão para crianças e adultos e que servia também para a realização de diferentes actividades.

 

Infelizmente, existe muita falta de civismo por parte de algumas pessoas da zona. Aquilo que serve a todos é destruído sem dó nem piedade. Desta forma, a zona continuará esquecida, porque as instituições certamente não quererão apostar num bairro onde os próprios moradores não contribuem”, frisa Renato um dos jovens activos desta zona.

Samira, residente há mais de 25 anos, diz que o bairro era considerado um dos mais pobres da cidade, mas com o andar do tempo veio a desenvolver-se com a construção de diferentes infra-estruturas. Contudo, os moradores não têm contribuído para a sua manutenção. “O parque infantil foi inaugurado no final do ano passado e em menos de um ano já está degradado, tudo por conta de bandidos que o destruíram, pintando as paredes, danificando tudo”.

Indignada, Suely, defende que os moradores devem ser “guardas” e estarem vigilantes para protegerem aquilo que pertence à zona, para “dignificarem o bairro e trazerem mais qualidade de vida a quem aqui reside”, por isso, apela à comunidade para se juntar, para dinamizar o bairro e zelar para o bem de todos.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.