Nacional : pode-se jogar a segunda mão antes da primeira mão ? Não !

30/06/2017 00:08 - Modificado em 30/06/2017 00:08
| Comentários fechados em Nacional : pode-se jogar a segunda mão antes da primeira mão ? Não !

A decisão da Federação Cabo-verdiana  remeter para o Conselho de Disciplina   a resolução  da não realização do jogo da primeira mão  das meias finais entre a Ultramarina  e Mindelense está a lançar várias dúvidas . Pessoas ligadas a Ultramarina com quem o NN falou ontem no final do treino  , em off the record, sustentam que a equipa “ não tem nada a ver com o que se passou no Tarrafal”  e também não entendem  como se pode “ jogar a segunda mão antes de jogar a primeira”. Por isso defendem que “ só  se deveria jogar a segunda mão depois de saber  a decisão do Conselho de Disciplina .

Do  Mindelnse  as reacções chegam de ex-jogadores e antigos dirigente . Por exemplo a antiga glória do Mindelense  Djon de Paulina  num comentário no Facebool defende  que “A Ultramarina parece estar em vias de conseguir o que  camufladamente pretendia. O comunicado do CD da FCF nada diz sobre o resultado do (não) jogo nem da responsabilidade da Ultramarina relativamente ao sucedido. Dessa forma deixa em aberto a possibilidade de se realizar esse jogo. A ser assim e por que  o CD manteve a data da realização do segundo jogo, fica a possibilidade de o jogo no Adérito Sena ser o primeiro dos dois. Assim acontecendo a Ultramarina jogaria o segundo jogo em casa, contrariando o sorteio realizado e conseguindo o objetivo que  norteou toda a sua atuação. Penso que  o Mindelense deve, desde já, afastar a possibilidade de aceitar um outro jogo e exigir que  se tome a medida  que  se impõe: atribuir-se-lhe a vitória”.

José Lopes Dô Lopes pergunta :  Djon é possível jogar a segunda mão antes do primeiro ?  Eduino Santos  tenta responder a pergunta “Virar a segunda mão de uma meia final em primeira mão seria mais bizarro que o porteiro não ter aberto o estádio para se realizar o jogo. Penso que a  FCF ao manter a data do jogo da segunda mão e anunciar que enviou o processo para o Conselho de Disciplina e invoca o art. 21 do Regulamento de Disciplina para enquadramento disciplinar deixa claro que o desfecho da primeira mão vai ser decidido disciplinarmente e não em campo. O meu caro amigo sabe melhor que eu que não havendo uma punição  severa para o facto de se ter   impedido  a realização de um jogo  com o reles expediente de não abrir a porta do estádio abre- se um precedente grave “

Alfredo Anselmo Rocha Moreira defende que “ O CD da FCF devia ja aplicar derrota de 3 a zero ao Ultramarina e sancionar a Associação de Futebol de São Nicolau com três anos de ausencia no campeonato nacional para que estes esquemas e artimanhas destes dirigentes não façam escola. Com atitudes destas depois querem solidariedade de outras pessoas, equipas e também de outras ilhas “

Dúvidas e certezas  à espera da decisão do Conselho de Disciplina .

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.