Deputado do PAICV pede  presença maciça do povo de São Vicente na manifestação do dia 5

30/06/2017 00:01 - Modificado em 30/06/2017 00:01

O deputado do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) eleito pelo círculo de São Vicente João do Carmo defendeu que a manifestação é um “sinal claro que o povo de São Vicente chegou ao seu limite e já não quer ouvir boa conversa”.

“Se o Governo não souber fazer a leitura deste momento podemos chegar a um ponto em que todo o povo de São Vicente irá exigir muito mais deste Governo e do governo local”, precisou João do Carmo.

O deputado apelou para que a manifestação tenha “presença maciça do povo de São Vicente”, no que foi criticado pela deputada do MpD Celeste Fonseca

A parlamentar da maioria assegurou que São Vicente “faz parte da agenda política do Governo” e que as necessidades da ilha são uma preocupação do MpD.

O deputado e presidente da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID), António Monteiro, cujo partido tem a sua grande base de apoio em São Vicente, considerou que “quando o povo demonstra o seu descontentamento de forma ordeira e civilizada” os políticos devem “baixar as orelhas”.

O primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva, que está em São Vicente para apresentar, na sexta-feira, um conjunto de investimentos, também reagiu à convocatória da manifestação, adiantando que a indignação relativamente à localização do campus universitário não é dirigida ao Governo atual.

“Manifestações que possam ser feitas ou indignação relativamente à localização podem ser legítimas, mas deixem-nos fora relativamente a este assunto porque não estivemos nem base da decisão nem na base da escolha”, disse.

 

Lusa

  1. MANIFESTAÇÃO APARTID

    O deputado do PAICV deve manter-se calado pois esse partido é responsavel de 30 anos de desespero do povo de SV.
    NAO QUEREMOS NENHUM PARTIDO METIDO NESTE ASSUNTO

  2. Olha quem fala, que descaramento deste senhor pedir presença do povo de S.Vicente para manifestação em que o Paicv abandou esta Ilha durante 15 anos. Eu não participo em manisfestações com cunho partidário. Este governo está no bom caminho e esta sexta feira vai apresentar pela 1ª vez na história desta Ilha, os grandes projectos. Vou dar um voto de confiança a este governo.

  3. Eduardo Oliveira

    Este Deputado é um descarado que quer apoderar-se do evento para o seu partido.
    Paigc é o primeiro responsàvel por isso tudo e qualquer adesão partidària agora é hipocrita e oportunismo.
    Quem vai à manifestação – seja qual for a sua simpatia ou ilha de origem – vai em independentemente para pedir um Cabo Verde melhor, um Cabo Verde de e para todos os seus filhos, de dentro e de fora.

  4. salense

    Este ve o Boi e quer vir ja atrelado. Sr Primeiro Ministro: transfira a Escola de Hotelaria para a Ilha do Sal (saqueda) e tranforme o edificio em Santiago num Centro de Reabilitacao de De-Puta-dos corruptos desleais a quem os elegeu prostituindo com Plateau e Partidos a custa dos contribuites das 8 (oito) Ilhas. Seria reconsilhar os factos. BASTA!!! Nao e’ o santiaguense em causa mas os 72 Gangaceiros que as mulheres de “profissao” ja ate manisfestaram o desagrado de se lhes alcunhar de seus filhos. Sabemos todos quem sao, mas em Cabo Verde a justica nao passa de novella. BASTA!!!

  5. Dia 5 de Julho é feriado e dia de refelctir juntamente com a familia, portanto não participo em jornadas politicas do Paicv, e porquê não fizeram isso quando estavam no governo.

  6. Rosa

    Estou de acordo com as pessoas. Esta manifestação não deve ter carácter político. Deve ser uma manifestação da sociedade civil, dos sãovicentinos

  7. Silvério Marques

    Os organizadores desta manifestação que tem o apoio do PAICV pelos vistos não querem que os cabo verdianos sejam todos iguais. Ignoram toda a pobreza que há em Santiago contra a Ilha com melhor qualidade de vida em Cabo Verde, em todos os sentidos. Os manifestantes não querem que se faça nada em Santiago, como no período colonial onde até se opuseram á criação de um Liceu na Praia. Os santiaguenses continuam solidários com os milhares e milhares de são vicentinos que vivem e trabalham nesta nobre Ilha. Não abusem.

  8. Tarde piaste

    “Ba trá pul na cinza”
    Nos quinze anos de governação do PAICV, com claro abandono de São Vicente por parte do governo, o que fizeste? Não disseste nada, porque não podias ir contra o teu partido. agora vens te manifestar? Tarde piaste.
    A manifestação é do povo de São Vicente, por um Cabo Verde mais justo e equilibrado. Nenhum partido deve se meter nesse meio. Não pensem que vão tirar dividendos disso.

  9. Jorge

    Não queremos os partidos políticos na manifestação porque todos são iguais quando sentam no parlamento esquecem do povo.esta manifestação devia acontecer em todas as ilhas claro! menos Santiago para mostrar o nosso descontentamento dos sucessivos governos.Cabo verde tem 9 ilhas habitadas e não uma.

  10. João Nicolau Monteir

    Haja descaramento do deputado do paicv .
    Apenas 1 ano atrás deixaram o poder que durante 15 anos
    Nem sabiam a posição geográfica de S.vicente e confundiram soncente ê sábe p cagá ,com sonvicenti ê retrete pa côcô.
    Não queremos carimbo de nenhum partido seja ele quem for na nossa manifestação cívica.
    Nada de boleia deputado

  11. Del paicv del MPD del ucite del partidos nos no q cre nem um partido de merda intra nes manivestação no cre face nos manivestação nos so q no t concequi junto vaz a força vamos em bora mes povoooom

  12. O sr Joao do carmo, precica de um psiquiatra, parab ler o seu sentido mental. E tb o PAICV, Se aponta isso como certo.Vendo e analizando, nao ha razao. Sem djobe pa lado, des bez es ta na linha de frente, Praia e rosto, e capital e dono de Pais. Que ca el so. Cabelo nu tel, como ser, na sobaco, dento perna, na cabeca, pamo nu ta existe. 10 ilhas um so nacao.Cu tudo nos djunto, cu e na diferenca. PAICV= mi, MpD quem quer q seja, UCID e nos tudo igual. Ma desfile de amanham e m… contra bardamerdole e isso nunca ca debia ser manifestacao, porque quem que sta faze isso el sta traz de tenta dividi nos caboverdianidade

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.