Prisão preventiva para caçubodista por representar perigo para a sociedade

12/10/2012 01:12 - Modificado em 12/10/2012 01:12

O Juízo Crime aplicou prisão preventiva a um indivíduo, de 30 anos indiciado da prática de vários crimes de roubo e furto na ilha de São Vicente. O cidadão foi detido pela Polícia Judiciária ,no âmbito de uma investigação policial. O arguido conhecido por “Tin D´Negoss” residia na zona Espia, localidade onde cometeu parte desses delitos.

 

NN apurou junto de moradores dessa zona que o sujeito assaltava residências, pessoas e estábulos de animais. “A sua prisão trouxe um alívio para a nossa comunidade, porque esse indivíduo atormentava a nossa vida. Dizem os moradores que chegou a aliciar alguns menores para que estes furtassem objectos em suas casas para depois lhe entregarem”.

Este online soube que o magistrado aplicou-lhe prisão preventiva, porque encontrou vários processos-crime na Procuradoria da República que envolvem esse indivíduo. Mas também pelo facto “do tribunal ter recolhido informações nas autoridades criminais, de que o arguido é “amigo dos bens alheios” e constitui um perigo para a sociedade. Desta forma o juiz entendeu que o arguido deveria aguardar o desenrolar do caso na prisão, enquanto os processos decorrem no Ministério Público”.

  1. Nuno Ventura

    A foto deste tipo de indíviduos devia ser tornada pública para que cada cidadão se possa defender quando o vir por perto.

  2. Marcos Sanches

    Boa noticia. Em São Vicente os juízes trabalham, não é como na Praia, que preferem a via do comodismo, isto é, a aplicação do TIR, que já virou chacota nacional.

  3. C. Lopes

    É assim mesmo, em S. Vicente o TIR se aplica em casos primários dos criminosos, mas na Praia isso é para todos os criminosos. Prquê senhores Juízes?

  4. fifi

    Ilustríssimo Sr Marcos Sanches..infelizmente temos juízes que aplicam TIR em SV
    é uma vergonha isso sim

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.