Presidente do Geneva :  a luta tem sido difícil mas  clube ainda tem muito caminho pela frente

29/06/2017 23:54 - Modificado em 29/06/2017 23:54
| Comentários fechados em  Presidente do Geneva :  a luta tem sido difícil mas  clube ainda tem muito caminho pela frente

A Escola do Geneva Stars Cv, foi fundada oficialmente a 1 de Novembro de 2016 com um objectivo social, ou seja, utilizar o futebol como forma de recrutar crianças e jovens em situações complexas em que se encontram. O fundador foi Bruno Semedo, filho de imigrantes cabo-verdianos, nascido em Portugal. Oito meses após a criação do clube, o Presidente mostra-se orgulhoso pelo percurso feito até agora e espera o engajamento de todos para o bem dos nossos jovens.

O projecto tem dado bons frutos. Desde já no futebol, o clube conseguiu atingir os objectivos traçados para esta época desportiva tanto nas categorias de Sub-15 e Sub-17, e, como diz Bruno, isto deve-se às excelentes pessoas com quem tem trabalhado pelo que, no próximo ano, virão mais fortes.

“Simplesmente incrível, um ano muito rico em emoções. Não estava à espera deste desempenho das minhas equipas. O objectivo dos Sub-17 era atingir o Play-Off e os Sub-15 era fazer um campeonato razoável e, terminámos a época na disputa do título de campeão juntamente com o campeão da época passada, o Batuque, uma equipa muito experiente. Isso tudo graças ao meu staff composto por Zaidy, Vice-presidente, Adilson Melo, Director Desportivo (Patch, uma referência do nosso futebol são-vicentino), os treinadores Jaderson Melo, Nando Lopes, Bruno Lesnar e Valdir Évora e, também, Artur que faz parte deste projecto. E o mais importante, os nossos apoiantes porque sem eles não atingiríamos este nível”, sublinha o Presidente.

O projecto do Geneva sediado na zona de Ribeira Bote, como explica Bruno, também passa por ser um projecto social, onde o objectivo é ajudar todos os jovens em geral, sem descriminação. No entanto, adianta que sozinho não é fácil porque não tem tido apoios das instituições para isso. “Se nós não olharmos para os nossos jovens, o nosso país não vai para a frente. Nem todos os rapazes têm um prato de comida por dia na mesa. Então eu tento que, todos os dias, antes e depois dos jogos, sejam todos alimentados. Tentamos recuperar materiais desportivos dia por dia para enviar para Cabo Verde e também materiais escolares. Já há bem pouco tempo atrás distribuímos alguns materiais para uma creche em Ribeira Bote, mas sozinho não é fácil”, sustenta o Presidente.

A luta por estes jovens, como diz o Presidente, tem sido difícil, mas também é “super gratificante” trabalhar com eles porque eles merecem imenso. “Mas se aparecer um patrocinador, porque não? É só estudar a proposta”, indica ciente de que quer ver todos estes jovens bem na vida, não só no capítulo desportivo mas também no da vida de todos os dias.

O clube abriu as portas de forma oficial no dia 1 de Novembro de 2016, mas Bruno recorda que há já algum tempo atrás estava a correr para que fosse possível fundar a escola do Geneva Stars Cv, e acrescenta que o clube tem ainda muito caminho pela frente. “Sou uma pessoa muito ambiciosa, e estes projectos são a minha projecção não só a nível nacional, mas também a nível internacional”, acrescenta.

Faltando apenas o Campeonato Regional de Sub-17 para ficar concluída a época desportiva em São Vicente, o clube quer continuar a manter estes jovens ocupados, por isso, Bruno aponta que tem alguns planos para este Verão como torneios e jogos amigáveis. Com o término da categoria dos Sub-17, para alguns dos atletas o Presidente quer para o próximo ano criar ainda o escalão de Sub-19. Por isso, afiança que uma ajuda financeira seria bem-vinda, para poder ajudar os atletas que sejam do clube e não só.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.