Época das Chuvas: previsões afastam fantasma do ano passado

29/06/2017 05:19 - Modificado em 29/06/2017 05:19
| Comentários fechados em Época das Chuvas: previsões afastam fantasma do ano passado

A previsão para 2017 é de chuvas dentro ou acima da média, como avançam os serviços meteorológicos de Cabo Verde. Neste sentido, o Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros já prepara a época. Nesta previsão, como avança António Pereira dos Serviços Nacionais de Meteorologia, “todos os modelos globais da sub-região de previsões das chuvas reproduzem situações de chuvas médias ou acima da média para Cabo Verde”.

O que a registar seria bom para o país, principalmente para os agricultores que se debateram com a falta de mais chuvas na fase final do ano agrícola. Ano agrícola que esteve em risco, apesar do balanço não ter sido o melhor, visto que alguns campos de cultivo se perderam devido ao atraso na queda de precipitações. E o Governo teve de agir para garantir meios para as famílias que dependem do sucesso das colheitas.

Se essa previsão de chuvas para a época que se avizinha pode fazer sorrir os agricultores, a preocupação volta-se para outras situações que podem acontecer durante a época das chuvas, como o corte de estradas, o deslizamento de terrenos ou outras situações de risco, típicas desta época.

As preocupações voltam-se agora para as questões sanitárias como o surto de paludismo ou a dengue. Para o Ministro Paulo Rocha, da Administração Interna, as previsões constituem uma boa nova já que se traduzem não só em esperança, mas também numa “maior preocupação que visa uma coordenação com planos de emergência e contingência e em formas de estar preparado para mitigar os efeitos menos positivos”.

Estas declarações e preocupações foram expostas à margem da reunião de preparação para a época das chuvas promovida pelo Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros. E o Governo promete tomar todas as medidas necessárias em caso de situações mais extremas.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.