Sub-15: Anderson Gomes 29 golos em 13 jogos é obra

29/06/2017 05:17 - Modificado em 29/06/2017 05:17
| Comentários fechados em Sub-15: Anderson Gomes 29 golos em 13 jogos é obra

O campeonato sub-15 ficou concluído no fim-de-semana passado e consagrou o Batuque FC novamente como campeão regional por três épocas consecutivas. No entanto, o clube teve uma ajuda preciosa do seu médio ala esquerdo, Anderson Freitas Gomes, que apontou 29 golos em apenas 13 jogos e, por isso, foi galardoado com o prémio de melhor marcador da prova.

Para um ponta de lança, 29 golos podem estar ao alcance, mas para um extremo, as exigências são maiores para se atingirem tais números em apenas 13 jogos, mas a verdade é que o jovem natural da Ribeirinha não teve muitos problemas para alcançar tal marca pois acertou nas redes adversárias por 29 vezes. Esta é a segunda época do atleta de 15 anos nesta categoria e ao serviço do Batuque onde já leva também dois títulos de campeão regional. Ao NN Anderson menciona que “sinto-me muito feliz, os meus colegas é que me ajudaram para poder vencer o troféu e trabalhei com garra e muita determinação para poder vencê-lo”.

O jovem jogador aponta que no início da época não pensava que poderia vencer o troféu, mas a partir do momento em que viu que tinha sérias possibilidades de vencer o prémio, focou-se nele e com o fruto do muito trabalho feito ao longo da época, não tem dúvidas de que merecia vencer o prémio.

Para Anderson, a equipa teve um desempenho muito bom ao longo da época desportiva, mesmo tendo muitas paragens pelo meio. “Fizemos um bom trabalho desde a primeira até à última jornada. Mesmo com muitas paragens ao longo da época, continuámos a trabalhar com muita garra para que pudéssemos repetir o êxito da época passada, onde fizemos o bicampeonato”, sublinha o médio ala esquerdo dos quadros do Batuque.

Duas épocas como juvenil e dois campeonatos seguidos ganhos pelo Batuque e um prémio de melhor marcador, estes são os números do camisola 17 ao serviço do Batuque, que o leva a afirmar que a equipa trabalhou bem nestes dois últimos anos, com um bom treinador que sempre lhes transmitiu confiança para poderem vencer os campeonatos.

Com 15 anos, este foi o seu último campeonato disputado na categoria de sub-15. O jovem manifesta grande vontade em dar o salto para a equipa de sub-17 do Batuque, onde quer trabalhar para o seu sonho. “Agora, é continuar a trabalhar para ir para os sub-17. Sei que é um campeonato bem disputado, com equipas com bons jogadores. Vai ser mais uma etapa na minha carreira, pois o meu sonho é jogar no estrangeiro”, adianta Anderson.

Falando de sonhos, o atleta do Batuque, que fez ao longo da época uma média de 2,2 golos por jogo, quer seguir os passos do seu ídolo Cristiano Ronaldo pela sua magnífica carreira construída até ao momento, considerando-o o melhor jogador do Mundo. Para realizar o seu sonho de jogar lá fora o extremo pensa, de momento, em estudar e jogar ao mesmo tempo. “Tenho de começar a traçar as minhas metas desde agora e, se eu tiver sorte algum dia, vou poder estar lá fora”, concluiu o jogador natural da Ribeirinha.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.