Evacuações: PAICV e MpD discutem ética

28/06/2017 02:39 - Modificado em 28/06/2017 02:39
| Comentários fechados em Evacuações: PAICV e MpD discutem ética

O deputado pelo círculo de São Vicente, João Gomes, usou da palavra no Parlamento, na sua declaração política, para trazer à tona o assunto das evacuações. O deputado levou em conta o problema da evacuação dos doentes no Fogo e criticou o governo do PAICV pelas políticas que seguiu sobre a evacuação dos doentes.

O deputado do MpD defendeu que o governo anterior preferiu escolher “caminhos sinuosos e tortuosos” na questão da evacuação, “possivelmente pensando em eventuais ganhos para o partido”. E acusou o PAICV de falta de ética no que diz respeito às políticas seguidas pelo governo anterior, assegurando que “houve indícios de sobrepor o interesse público aos interesses partidários”.

Para o deputado, os comunicados do PAICV durante a ocasião “provaram os interesses conjunturais da revitalização de um partido que se soçobrou às pesadas derrotas eleitorais nas legislativas e autárquicas”.

O PAICV deixa saber que nunca foi do seu agrado a situação da evacuação dos doentes do Fogo. E aponta o dedo ao Governo com a resolução da questão da TACV. Além disso, esta questão foi agonizada com “a decisão em relação à entrada da Binter nas linhas aéreas em Cabo Verde sem estar preparada para todas as eventualidades”. Respondendo ao Deputado João Gomes, José Sanches diz que o PAICV não aceita lições de ética e que o MpD, para trazer o manual de ética tem que estar a vivê-la antes de pedir que os outros façam o mesmo.

A UCID ameniza o debate sobre a questão, pedindo uma reacção da população sobre o tema. Que a população possa “ajudar a encontrar as soluções necessárias para que no futuro situações idênticas não venham a acontecer”. Apesar de afirmar que não se deve ter medo de criticar onde for necessário, António Monteiro alerta que a situação deve ser analisada de forma tranquila.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.