Papalélé: “Quero ser o melhor marcador   e ajudar o Mindelense a conquistar o penta “

23/06/2017 00:54 - Modificado em 23/06/2017 00:54
| Comentários fechados em Papalélé: “Quero ser o melhor marcador   e ajudar o Mindelense a conquistar o penta “

Os tetra campeões nacionais atingiram mais uma meia-final do campeonato nacional, a quinta consecutiva, por isso tem encontro marcado este domingo com a Ultramarina de São Nicolau, no estádio Orlando Rodrigues, para a disputa da primeira mão das meias-finais, num jogo em que Papalélé avançado do Mindelense espera poder vencer para ficar mais perto do objectivo da equipa que passa pela revalidação do título.

Mesmo com alguns sobressaltos durante a fase de grupos, onde a equipa empatou a zeros com o Paulense DC em casa e, perdeu fora frente a Académica Porto Novo, tendo conseguido o apuramento na última jornada frente ao Académico no Sal, Papalélé faz um balanço positivo, e diz que tiveram pela frente somente adversários difíceis, com muitas deslocações difíceis.

Para o jovem jogador dos leões da rua de praia, ficou a faltar um bocadinho de sorte por parte da equipa e principalmente no jogo frente ao Paulense onde a bola não quis entrar, num jogo em que uma vitória, a equipa garantiria de imediato o apuramento.

Com a fase de grupos ultrapassada a equipa centra agora todas as atenções para o jogo deste fim-de semana com a Ultramarina, uma equipa que tem feito um bom percurso neste nacional, e já deu provas de que é um osso duro de roer e, por isso os leões da rua de praia estão mais do que avisados para este adversário, que 14 anos depois aparece na ribalta do futebol cabo-verdiano, apetrechado com jogadores de grande calibre como Adir Cruz, Patchik entre outros.

A equipa deu bem conta de si durante a primeira fase do campeonato nacional onde fez 13 pontos no grupo A, o que leva o avançado encarnado a afirmar que vai ser um jogo difícil, frente a um grande adversário e que tem nas suas fileiras também grandes jogadores. “Por isso a equipa está trabalhando bem, para que possamos sair com uma vitória de São Nicolau, mas sempre com muito respeito e humildade pelo adversário. Estamos super motivados para este jogo, e espero que possamos fazer um bom jogo” sustenta.

Papalélé acredita que está fazendo um bom campeonato nacional e, por isso faz uma avaliação “positiva” do seu desempenho até ao momento em todos os jogos já disputados, mas espera trabalhar mais para poder ajudar a equipa a alcançar o objectivo, que passa por conquistar de novo o título de campeão nacional.

O jovem avançado vive uma época de sonho na sua primeira época como sénior, onde conquistou o campeonato regional e foi coroado como melhor marcador da prova com 8 golos. Neste nacional o camisola 10 dos leões da rua de praia já leva três tentos apontados, estando a três golos do líder da competição, Patchik da Ultramarina que tem 6, mas Papalélé acredita é possível atingir este objectivo, porque nada é impossível. “Acho que com muito trabalho vou conseguir alcança-lo, porque se trata de um objectivo pessoal que eu tenho traçado” sublinha Papalélé.

Parte da comitiva encarnada já se encontra na Ilha de São Nicolau desde a quarta-feira, pelo que somente no sábado a equipa estará com todos os elementos disponíveis quando a outra parte chegar a Ilha, e assim ultimar os preparativos para o jogo de domingo frente aos “Ultras”, jogo este que será disputado no estádio Orlando Rodrigues, pelas 16 horas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.