Kim Kardashian acusada de racismo em nova campanha

21/06/2017 02:25 - Modificado em 21/06/2017 12:41
| Comentários fechados em Kim Kardashian acusada de racismo em nova campanha

O tom de pele mais escuro de Kim Kardashian nas imagens promocionais inseridas no âmbito do lançamento da sua linha de maquilhagem, KKW Beauty, tem levantado uma onda de críticas nas redes sociais que acusam a “socialite” de racismo.

É a mais recente polémica que envolve uma das estrelas do “reality show” “Keeping Up With The Kardashian”. Desta vez, a empresária de 33 anos é acusada de fazer “blackface”, isto é, escurecer a pele por intermédio de maquilhagem para que uma pessoa de diferente etnia possa interpretar uma personagem negra. Uma técnica usada no teatro e no cinema no início do século XX que é sinónimo de racismo para a cultura afro-americana.

Em entrevista ao “New York Times” esta segunda-feira, Kim Kardashian reagiu às acusações lamentando todos aqueles que se sentiram ofendidos. “Naturalmente, nunca quis ofender ninguém […]. No dia em que fui fotografada estava muito bronzeada, por isso o contraste”, começou por explicar. “Mostrei as imagens a muitas pessoas e profissionais do mercado e ninguém mencionou isso”, acrescentou.

JN

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.