Lixo: Cruz João Évora sem contentores

20/06/2017 02:54 - Modificado em 20/06/2017 02:54

A recolha do lixo na cidade do Mindelo tem sido um tema bastante debatido e questionado. A mudança do horário da recolha não tem deixado todas as pessoas satisfeitas, com a CMSV e a população nalgumas zonas, a questionarem o horário de recolha. Os contentores também têm sido alvo de conversa, quando são retirados de alguns locais costumeiros. Numa entrevista da Vereadora da área do Saneamento ao NN, a mesma assumiu o facto afirmando que a edilidade está a trabalhar na recuperação de alguns.

Entretanto, na zona de Cruz João Évora a retirada de dois contentores, não eliminou os velhos hábitos das pessoas que amontoam lixo no preciso local onde se encontrava o contentor. Procedimento que tem deixado a área suja, sendo um desses locais tido como miradouro de São Vicente, na “selada de Cruz”.

Os transeuntes e as pessoas locais não estão satisfeitos e o apelo é que se possa levar a situação em consideração. Em conversa com pessoas do local, estas afirmam que há muito que os contentores estão no local e servem uma grande área, visto que os contentores mais perto que ficavam a uns 200 metros do local também foram removidos há alguns meses atrás. O que faz com que estes contentores sirvam uma vasta área de pessoas. Normalmente os contentores estavam sempre cheios e agora é o chão que tem sido o depósito do lixo.

Facto desagradável às pessoas que vivem na zona e às que passam por perto, visto ser uma área movimentada por pessoas que passam aí a caminho da escola, do trabalho ou mesmo somente para irem até à “morada”. “É uma situação que precisa de ser vista e repensada porque se trata de algo importante para as pessoas, para além de ser uma questão de higiene”, diz Ana Lima. Esta cidadã retrata dois aspectos: o estético e a saúde. Dois pontos evidenciados pelas pessoas com quem o NN conversou.

A manifestação de medidas sanitárias para a zona do Lazareto ainda está fresca na memória. Anderson Monteiro espera que não seja necessária uma manifestação para que os contentores sejam repostos e que tudo possa voltar ao normal. O amontoar do lixo deixa as pessoas desconfortáveis sublinhado o facto de aquela ser uma área residencial e de passagem, daí a necessidade dos contentores para manterem a zona limpa e com bom aspecto.

  1. Nani

    É também verdade que aonde estavam localizados os contentores não era o melhor lugar. À beira da estrada, onde como disseram passam muita gente, visitado por muitos turistas, e muito próximo de residências. Os contentores estavam quase sempre cheios e sempre com muito lixo no chão e muitas vezes exalava um cheiro nauseabundo que que punha em risco a saúde dos moradores próximos e dos transeuntes. É necessário portanto procurar uma melhor solução.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.