Lizender: “Prometemos uma equipa à Derby pronta para jogar com amor a nossa camisola”

8/06/2017 23:59 - Modificado em 8/06/2017 23:59

O F.C Derby recebe, este domingo, no “Adérito Sena”, o Sporting da Brava num jogo em que os derbianos têm, mais uma vez, pouca margem de manobra, ou seja, têm obrigatoriamente de vencer se quiserem sonhar com uma eventual presença nas meias-finais, cenário difícil mas que, a ver de Lizender, médio dos azuis e brancos do Mindelo, a luta vai ser até ao fim.

A campanha do Derby não começou como o desejado e nos quatro jogos já disputados conseguiu quatro pontos o que, nesta altura, se afiguram poucos para as aspirações do Derby em seguir em frente nesta competição vendo-se, neste momento, forçado a vencer todos os jogos e esperar ainda pela definição dos outros. Os derbianos conseguiram quatro pontos nos últimos dois jogos e, para Lizender, o segredo do sucesso nesses dois jogos “foi uma maior entrega aos jogos e acreditar mais de que temos equipa para vencer os nossos jogos porque os resultados não reflectiam a nossa qualidade”.

O jogo na capital era difícil e decisivo para os azuis e brancos do Mindelo que, em caso de derrota, diriam adeus à competição. O camisola 6 do Derby diz que o “jogo frente ao Sporting da Praia foi difícil, mas perder este jogo na Praia iria pôr fim ao nosso objectivo, por isso, a equipa entrou na segunda parte determinada a dar a volta à situação e ficámos com a sensação de que poderíamos ter ganho o jogo. Foi um jogo que alimentou mais a nossa esperança e que mostrou que temos capacidades para fazer muito mais”.

Com dois golos importantes já apontados neste Nacional, Lizender tem sido o abono de família da equipa e explica o sucesso na frente das balizas adversárias devendo muito ao treinador que o colocou a jogar numa posição mais ofensiva no terreno de jogo e aponta que está a gostar muito desta nova posição. “O segredo para marcar golos, para mim, é acreditar e procurar estar sempre preparado para quando aparecerem oportunidades. Mas, o mais importante para mim, é dar o máximo para a minha equipa ganhar e, todos os golos são um trabalho de equipa embora esteja desejoso de marcar mais golos”.

Para o jogo em casa com o Sporting da Brava, o Derby não pode facilitar sob pena de ficar desde já erradicado da luta pela passagem às meias-finais, por isso, Lizender realça que o objectivo passa nada mais, nada menos do que vencer, respeitando sempre o adversário, sabendo que vai ser um jogo difícil mas que o objectivo da sua equipa passa claramente pela vitória.

O cenário para o Derby nesta altura até passa mais pela luta pela segunda posição, porque o Sporting da Praia tem uma visita menos complicada ao reduto dos boavisteiros do Sal-Rei que ainda não pontuaram, mas nada impede ao médio do Derby de sonhar com o apuramento afirmando que estão a trabalhar para vencerem o próximo jogo ambicionando a próxima fase. “Claro que na situação em que nós estamos, a liderança é mais difícil, mas vamos lutar até ao fim pelo nosso objectivo. Queremos só trabalhar, ganhar os nossos jogos e, no fim, fazer as contas”, sublinha o médio.

A equipa continua a sua preparação tendo em vista o embate de domingo com a formação verde e branca da Brava, uma cartada importante e decisiva para os derbianos, numa partida em que Yoya ainda não poderá contar com o castigado Béna mas que, segundo Lizender, está a ser preparado com boa disposição, alegria nos treinos e com muito trabalho.

Os jogos em casa do Derby têm registado pouca afluência de adeptos no “Adérito Sena” e o centrocampista azul e branco gostaria de ter mais apoio e promete um Derby a lutar pelo objectivo. “Prometemos uma equipa à Derby, forte, determinada e pronta para jogar com amor a nossa camisola e que no fim possamos dar uma alegria. Gostaria de ter um maior apoio por parte de adeptos e peço para eles acreditarem em nós”, concluiu Lizender.

  1. CidadaoCV

    Uma equipa “a Derby”? A “karrera de burro”? ….

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.