Julgamento dos suspeitos de homicídio da idosa encontrada morta em Pedra Rolada

7/06/2017 00:08 - Modificado em 7/06/2017 00:08

O Juízo Crime do Tribunal da Comarca de São Vicente procede, esta quarta-feira, ao julgamento dos suspeitos de homicídio da idosa encontrada morta, no chão da sua moradia, em Pedra Rolada.

De acordo com informações, os arguidos encontram-se em prisão preventiva pela presumível autoria do homicídio da idosa de 71 anos, dentro da sua residência, em Pedra Rolada. Ana Evangelista Dias terá sido assassinada dentro da sua residência, supostamente por dois jovens que se encontram actualmente em prisão preventiva a aguardar pelo julgamento.

Nas primeiras diligências, a Polícia Judiciária encontrou “remexida” a casa da idosa que vivia sozinha, surgindo de imediato suspeitas de que se teria tratado de um assalto que acabou mal.

O crime

Uma idosa de, aproximadamente, 71 anos, conhecida por Nha Ana, foi encontrada morta na sua residência, no bairro de Pedra Rolada, vítima de assalto e posterior homicídio.

De acordo com informações recolhidas por este online na altura do crime, o assalto terá acontecido na noite de sábado, 11 de Junho de 2016, quando a senhora se encontrava sozinha em casa. O corpo só foi encontrado por volta das 11 horas da manhã de domingo quando os vizinhos deram pela falta da idosa que acordava sempre cedo.

A mulher costumava vender água em sua casa para alguns moradores do bairro e levantava-se sempre às 7 horas da manhã e às 11 horas estranharam o facto de ainda não ter aparecido. Os vizinhos ficaram apreensivos e contactaram os bombeiros que arrombaram a porta e encontraram o corpo da vítima no chão e a casa estava toda revirada, o que levou a concluir que se tratava de um caso de assalto, tendo sido  accionada a Polícia Judiciária.

Depois de efectuada a autópsia, confirmou-se que se tratava  realmente de um caso de homicídio.

Após investigações, foram presos dois jovens que deram entrada no estabelecimento prisional de São Vicente no dia 25 de Junho de 2016, sábado, após terem sido presentes ao Juiz. Confrontados com os factos, confessaram a autoria do crime.

 

  1. João Neves

    PENA MÁXIMA PARA OS CRIMINOSOS.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.