João Serra “  Não haverá   impacto significativo nos depósitos dos emigrantes”

6/06/2017 00:41 - Modificado em 6/06/2017 00:41
| Comentários fechados em João Serra “  Não haverá   impacto significativo nos depósitos dos emigrantes”

João Serra , presidente do Banco de Cabo Verde ,  considerou que as medidas de redução de taxas de juro anunciadas ontem e que entram hoje em vigor  não terá “impacto significativo” nos depósitos dos emigrantes, que representam cerca de 50% do total, por estes não terem alternativa concorrencial nos países onde vivem.

“Lá fora os emigrantes estão com dificuldades em fazer aplicações das suas poupanças. Na União Europeia quem tem depósitos a prazo, paga para ter lá o dinheiro, ou tem depósitos indexados a taxas simbólicas. Em Cabo Verde, por mais que haja uma redução das taxas, nunca será de forma a inviabilizar ou a condicionar os depósitos dos emigrantes”, disse.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.