Tribunal de Contas  condena gestão de Zau de 2007 a 2011  a pagar… sete mil escudos

5/06/2017 01:32 - Modificado em 5/06/2017 01:33

O Tribunal de Contas  apreciou as contas  do município de São Vicente relativos aos anos de 2007 a 2011 , que envolvem a gestão de Isaura Gomes  até 2010 e Augusto Neves 2011, e os juízes conselheiros em  concordância com o Ministério Público decidiram :

  1. Julgar os responsáveis ( Presidente   e vereadores) da CMSV quites para  com as Finanças Públicas pela gestão financeira do Município  de  São Vicente  em 2007 ,2009, 2010 e 2011
  2. Condenar solidariamente , ao abrigo do disposto do artigo 36º/1 da Lei Nº 84/IV/93, os responsáveis ( Presidente   e vereadores) da CMSV na reposição de 7.000.00( sete mil escudos) por pagamentos indevidos em 2008
  3. Feita a reposição do montante referido  deverá ser remetido ao Tribunal de Contas documento de prova bastante para o feito  de quitação dos responsáveis
  4. Considerar os saldos  de encerramento das contas que constam  do Modelo 2  das contas de gerência  submetidas .

 

Esta  decisão  do TC com  a concordância do Ministério Público vem atirar por terra todas as suspeitas e suspeições levantadas sobre a gestão de Isaura Gomes  ,que como se sabe ,teve o ponto critico com a Ministério Público  a mandar a PN e PJ cercar e invadir a CMSV  à procura de “ provas de gestão danosa” ,  “ roubo e venda ilegal de terrenos”. Também poe fim  a imagem  de má gestora que a oposição na altura liderada por João do Carmo  do PAICV tentou criar  para mostrar que a “gestão da CMSV se assemelhava a casa da sogra e que presidente dirigia um bando de bandoleiros  “. O julgamento politico foi conhecido nas urnas com  duas  derrotas consecutivas frente a Augusto Neves  . Os  danos morais  e males provocados a  saúde da ex-presidente Isaura Gomes  esses, infelizmente , são irreparáveis . Por isso a decisão do TC de 9 de Março  feito provar , como sempre Isaura e Augusto  defenderam que “ A CMSV é  uma das câmaras mais bem geridas do país .

Com efeito o julgamento do TC  das contas  da CMSV ao considerar  que durante os anos de 2007 a 2011  a única irregularidade é um pagamento  indevido de 7.000.00( sete mil escudos)  em 2008 efetuado aos  fiscais da CMSV para a realização de um passeio convívio  mostra  que “  a gestão  financeira da CMSV  no tempo de Isaura Gomes “ não foi o lamaçal que foi criado para tentar afundar moralmente os responsáveis da CMSV na  altura “.

Vereadores da CMSV  que faziam parte do executivo da CMSV  durante o período julgado pelo TC  contactados pelo NN não quiseram prestar declarações, um deles que pediu anonimato  disse apenas “ a verdade é como o azeite vem sempre ao de cimo”.

  1. SEMPRE ATENTO

    SE ALGUNS ENRIQUECERAM COM OS TERRENOS DO MUNICÍPIO DE S. VICENTE, NINGUÉM TEM DÚVIDA. O problema é que em Cabo Verde a capacidade de investigação é débil. Facilmente se cala a boca aos responsáveis das investigações. Como é possível que um colaborador com salário de 30.000$00, consegue construir um prédio/moradia de luxo, proprietário de vários carros e com milhões depositados no banco?

  2. Maria Jose

    Fico satisfeito com o veredito. Lamento e estou insatisfeito com a demora no julgamento dessas contas. O objetico claro, clarinho como a agua potável, era pura e simplemente denegrir a imagem da situacao “Lê-se Presidente Isaura Gomes” e ganhar votos. felizmente o intento de ganhar votos nao resultou porque o povo nao é idiota. O povo sabe descernir o mal do bem. Já a imagem da presidente Isaura Gomes foi de tal forma atacada por Joao do Carmo, Jose Maria Neves, Cristina Duarte, Julio Martins (PGR), Ilidio Cruz (SGPAICV), Jose Carlos Delgado (Presidente do TC), que a Isaura passou por maus bocados, com a sua saude a complicar dia apos dia e com a maquina de imprensa do PAICV (Inforpress, TCV, RCV, Aseman) e outros a repetir todos os dias as falsidades contra Isaura Gomes. Penso que seria justo umpedido de indeminizacao por parte da Presidenre Isaura e seus variadorees.

  3. Maria Jose

    Albertino Graca, lider do PAICV actual em SV continua com o mesmo descurso que Joao do Carmos e seus companheiros do Governo da epoca. Uma vergonha para nos sanvicentinos.

  4. Antonio Delgado

    Quero ver uma reaçao do Joao do carmo do PAICV.

  5. Mario Fernandes

    Todos sabíamos que o que fizeram à Zau foi uma manobra política que infelizmente teve o apoio de da instituição que devia abster-se de fazer política por força do seu estatuto. Infelizmente, o Tribunal de Contas só vem esclarecer essa calúnia, 6 anos depois. E qual foi a dimensão da condenação?
    Parece-nos que se torna necessário fazer algo no sentido de se por um ponto final a esse tipo de procedimento ou expediente político evitando que pessoas sejam julgadas na na praça publica por motivos ou causas inventamos por poder político para atacar o seu adversário.

  6. Justiça

    Feita a justiça dos homens, falta agora a justiça divina que vai fazer pagar os algozes da ZAU, José Maria Neves (já começou a pagar), João do Carmo (incompetente complexado), Marisa (bêbada convicta), Cristina Duarte ( Júlio Martins (PGR bandoleiro) PJ SV (analfabrutos robotizados), ASemana (está na hora di bai pá eternidade), e outros manhentos mais.

    À Zau a nossa solidariedade de sempre. Não como apagar o mal que te fizeram e nem como recuperar a tua saúde massacrada durante todos esses anos, mas uma coisa é certa, todos esses estropícios, vermes irão pagar pelo que te fizeram. A justiça divina não falha…vão pagar todos aqui na terra, ai se vão pagar.

  7. Mario Fernandes

    Porquê? A minha opinião está sendo censurada?

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.