Duas toneladas de alimentos é o resultado da primeira campanha do BACV em São Vicente

31/05/2017 08:10 - Modificado em 31/05/2017 08:10
| Comentários fechados em Duas toneladas de alimentos é o resultado da primeira campanha do BACV em São Vicente

O arranque da Delegação de São Vicente do Banco Alimentar de Cabo Verde (BACV) na sede da OMCV, perto da Praça Regala, culminou com a arrecadação de duas toneladas de alimentos distribuídos esta segunda-feira às associações parceiras do BACV que serão entregues às 150 famílias beneficiadas das diversas comunidades.

 

Depois de uma formação e arrecadação de donativos efectuada durante todo o fim-de-semana, a direcção do BACV considera positiva esta primeira experiência da instituição em São Vicente.

De acordo com Maria Ana Hopffer Almada, Presidente do Banco Alimentar de Cabo Verde, em declarações à RCV, “foi uma grande quantidade recolhida e, com certeza, vai ajudar as famílias beneficiadas”.

Entretanto, após a entrega esta segunda-feira às associações parceiras que darão seguimento, a BACV acredita que esta é uma boa metodologia de trabalho já que a escolha das famílias não passa por eles, mas sim pelas associações que escolhem e entregam.

Portanto, depois da entrega, será efectuada uma visita às famílias e às associações. “Têm de ser associações credíveis que funcionam com transparência, responsabilidade e com credibilidade na comunidade, que nos dêem garantias de que o que foi levado será entregue aos que mais necessitam”.

Maria Hopffer Almada garante ainda que com este passo já estão criadas as condições que garantem a longevidade do programa. “É para durar, tem uma Delegação, voluntários, formação e acredito que temos todas as condições para dar continuidade”, refere.

Para tal explica que com os donativos conseguidos, foi possível fazer cerca de 150 cestas básicas e ainda sobrou para preparar a próxima daqui a dois meses e, em Outubro, conta, será feita uma nova campanha.

Para tal, espera que as empresas que apoiaram esta primeira campanha continuem a apoiar as próximas, para que não faltem alimentos para distribuir as cestas básicas bimensais e ainda dar respostas a situações pontuais.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.